Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Sistemas Construtivos VI

Curso

Arquitetura

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura; Mestrado | Semestral | 3

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

3 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

84 | 45

Código

ULHT36-14610

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

Esta unidade curricular foi desenhada para capacitar os alunos a:
1. Utilizar sistemas de desenho internacionais;
2. Criar informação de projecto "inteligente";
3. Perceber a importância da Interoperabilidade e do projecto colaborativo;
4. Utilizar tecnologias digitais para transformar ideias em construções;
5. Compreender os impactos destas tecnologias no gabinete de arquitectura

Objetivos

Concebido como uma serie de workshops e palestras, esta unidade curricular pretende utilizar a tecnologia de ¿Building Information Modeling¿ para revisitar e avaliar os sistemas técnicos da construção, do projecto arquitectónico e da pratica do gabinete leccionado em semestres anteriores.
Com base em trabalhos de semestres anteriores (Processos Digitais IV) e case studies, pede-se aos discentes que desenvolvam as competências existentes nos sistemas técnicos produtivos da fase do projecto base e do projecto de execução.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Ao concluir esta unidade curicular, deve o discente:
1. Dominar o ¿Uniform Drawing System¿ ao BIM nomadamente no que se refere à: organização do processo construtivo, a organização do projecto, tabelas e mapas, convenções de desenhos, termos e abreviações, simbologia, anotações/referencias de projecto, convenções legais;
2. Conhecer plataformas BIM (REVIT) para construir e introduzir inteligência em objectos de construção;
3. Adquirir conhecimentos relacionados com a interoperabilidade em ambientes BIM
4. Interligar conhecimentos de analise e performance do edifico com o modelo tridimensional do edifico;
5. Avaliar as implicações do BIM na prática diária do gabinete de arquitectura

Metodologias de ensino e avaliação

Metodologia dividida em duas partes:
Parte I - Aulas/Palestras Teóricas;
Parte II - Workshops de produção com exercícios/tutoriais da unidade
Avaliação:
1. Exercícios semanais desenvolvidas na ParteII das aulas: equivalente a 35% da nota final;
2. Tarefas pontuais de investigação e desenvolvimento solicitados aos alunos para serem desenvolvidos fora de aula por cada discente - equivalente a 35% da nota final;
3. Um exame final dividido em duas componentes: a primeira de cariz escrito e a segunda operativa ¿ equivalente a 30% da nota final
Presenças inferiores a 75% inviabilizam aproveitamento em regime de avaliação continua. Abaixo de 50% inviabiliza candidatura a exame de 2ª Época.

Bibliografia principal

Bibliografia obrigatória

i. MASCARENHAS, Jorge. Sistemas de construção, Vol I a XIII - Livros Horizonte
Cota: EC/405-BC; EC/405.A-BC; EC/405.B-BC; EC/405.C-BC; EC/405.D-BC; EC/405.E-BC; EC/405.F-BC; EC/405.G-BC; EC/405.H-BC; EC/405.I-BC; EC/406.J-BC; EC/405.K-BC; EC/405.L-BC.

ii. RODRIGUES, Maria João Madeira [et al.] Vocabulário técnico e crítico de arquitectura. Quimera Editores. Coimbra 1996.
Cota: AQ/35-BC (edição de 2005)
iii. BRISBIN, Christopher, Introduction to Architectural Science the Basis os Sustainable Design, Architectural Press;
Cota: AQ/66-BC (edição de 2004)
iv. FREDERICK S. Merritt, JONOTHAN T. Ricketts. Building Design and Construction Handbook, 6th Edition ¿ McGraw Hill
Cota: Disponivel Online dentro da Universidade (Sem Cota)