Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Actividades Hospitalares ou de Campo I

Curso

Medicina Veterinária

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura; Mestrado | Semestral | 2

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

3 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

56 | 30

Código

ULHT478-8518

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

Preparação dos estudantes nas atividades ditas hospitalares relacionadas com a cirurgia. As atividades incluem temas que relacionam todas as fases do período peri-operatório que incluem, entre outras:
- Comunicação com o proprietário
- Receção e avaliação do paciente para a cirurgia
- Preparação e procedimentos peri-operatórios
- Complicações e urgências pós-operatórias

Sensibilização para o risco de infeções nosocomiais nas unidades hospitalares e clinicas que podem por em risco a saúde de animais hospitalizados.

Objetivos

1. Demonstrar a importância da comunicação com os proprietários dos animais para a realização de uma boa prática médica;
2. Proporcionar contacto com as atividades hospitalares cirúrgicas, com o propósito de formação à aproximação à preparação de equipamentos, preparação do paciente, monitorização de paciente e durante a cirurgia e no recobro;
3. Preparar para a realização de um bom maneio de via aérea;
4. Sublinhar princípios fundamentais para a realização de acessos vasculares;
5. Sumariar algumas das patologias associadas às complicações pós-operatórias.

Metodologias de ensino e avaliação

Aulas P. tutoradas, orientadas por 2 docentes em simultâneo, de frequência obrigatória destinadas a aprofundar e complementar as temáticas leccionadas nas aulas magistrais de outras disciplinas. Visionamento de filmes no contexto das atividades e execução de procedimentos clínico-cirúrgicos de acordo com os conteúdos programáticos.
Sempre que exequível dentro do âmbito das sessões P. curriculares, são englobados casos clínicos cirúrgicos.
Frequência de 2/3 das aulas P (Obrigatório). A avaliação por testes formativos terá um peso de 50% os restantes 50% serão atribuídos á realização de um trabalho de grupo final.
1. A aval por teste formativos no final da aula dar-se-á em 4 momentos de aval.
2. A nota de aval final obtida será multiplicada pelo Fator de Assiduidade:
S f. = 100% ¿ 1,00 x nota
1 f. = 95% ¿ 0,95 x nota final
2 f. = 90% ¿ 0,90 x n f
3 f. = 85% ¿ 0,85 x n f
4 f. = 80% ¿ 0,80 x n f
5 + f. ¿ o aluno está repr. automaticamente por faltas de assiduidade
A aval. mínima exigida p