Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Clínica das Espécies Pecuárias I

Curso

Medicina Veterinária

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura; Mestrado | Semestral | 3

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

5 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

84 | 45

Código

ULHT478-8545

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

Complexo Respiratório bovino ¿ etiologia, epidemiologia
Complexo Respiratório bovino ¿ controlo e monitorização
Doenças infecciosas que afetam a produção ¿ BVD: Diagnósticos diferenciais. Controlo e monitorização
Doenças infecciosas que afetam a produção ¿ IBR: Diagnósticos diferenciais. Controlo e monitorização
Doenças infecciosas que afetam a produção ¿ Paratuberculose: Diagnósticos diferenciais. Controlo e monitorização
Doenças infecciosas que afetam a produção ¿ Leptospirose: Diagnósticos diferenciais. Controlo e monitorização Saúde do úbere ¿ Controlo e monitorização. Células somáticas. tratamento da vaca em leite e vaca seca. Ambiente. sala de ordenha.
Saúde podal - Controlo e monitorização: Score de locomoção e analise de dados de curetagem de cascos. Controlo e monitorização: Avaliação do ambiente e banhos podais
Saúde dos vitelos - Controlo e monitorização: testagem e interpretação dos resultados. Avaliação do ambiente. Tratamento e custos

Objetivos

1) Aplicar conhecimentos sobre as afeções estudadas nos anos anteriores, comuns que afetam a saúde e a produção dos ruminantes, nomeadamente a nível infeccioso, parasitário, metabólico e de maneio.¿
2) Saber identificar problemas de efetivo com bases nos exames clínicos e na monitorização de padrões clínicos e dados da exploração.
3) Ter a capacidade de estabelecer prognósticos para a futura vida produtiva do animal e dos efetivos.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Os alunos deverão percepcionar e apreender as problemáticas principais dos efetivos pecuários e consolidar os conhecimentos necessários para poderem estabelecer prognósticos para a futura vida produtiva do animal e dos efetivos. Devem saber identificar os principais problemas do efetivo aplicando os conhecimentos adquiridos nas aulas teóricas de CEP I face a problemas clínicos reais

Metodologias de ensino e avaliação

Teórica: As aulas serão leccionadas com recurso a apresentações em PowerPoint, onde serão apresentados e discutidos os conteúdos programáticos.
Prática: As aulas serão direcionadas com objectivo de executar o conteúdo programático das aulas teóricas. Os alunos terão contacto direto com casos clínicos. A intervenção clínica por parte dos alunos será a coordenada e orientada de forma direta por um professor presente no ato de realização da mesma.
A avaliação assume as seguintes formas:
a - Avaliação Contínua:
1) Prática ¿¿Apresentação de trabalhos em grupo (90%); assiduidade e participação (10%)¿
2) Teórica ¿ Duas frequências, com questões sobre as matérias leccionadas nas aulas anteriores (90%) e assiduidade (10%).
b - Avaliação em Exame Final
Caso o aluno não obtenha aprovação por avaliação contínua poderá ser avaliado em exame final.
A classificação final da unidade curricular corresponderá à média ponderada da avaliação prática (40%) com a avaliação teórica (60%).

Bibliografia principal

-Radostits, O.M. et. al., (2007) Veterinary Medicine: A textbook of the diseases of cattle, horses, sheep, pigs and goats (10th ed.). Edinburgh; London; New York; Oxford; Philadelphia: Saunders Elsevier
-Smith, B. P. (2015). Large animal Internal Medicine (5th ed.). St. Louis: Elsevier Mosby
-Divers, T.J. & Peek, S.F. (2008). Rebhun's diseases of dairy cattle (2nd ed.). St. Louis: Saunders Elsevier