Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Clínica de Animais de Companhia e Equídeos I

Curso

Medicina Veterinária

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura; Mestrado | Semestral | 4

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

5 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

112 | 60

Código

ULHT478-8550

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

Esta unidade curricular é formada por dois componentes: Clínica de Animais de Companhia e Clínica de Equídeos. Nas aulas teóricas, complementadas pelas aulas de trabalho de campo, vão ser abordados os seguintes conteúdos numa perspetiva muito direcionada para a abordagem diagnóstica e terapéuticas das várias doenças:
1. Animais de Companhia:
Realidade da prática clínica veterinária em 2014 em Portugal e no Mundo; Medicina Baseada na Evidência; Abordagem diagnóstica e principais terapéuticas nas seguintes áreas ou especialidades: neonatologia, geriatria, medicina felina, neurologia, cardiologia, oftalmologia, doença respiratória, doença imunomediada.
2. Equídeos:
Abordagem diagnóstica e principais terapéuticas nas seguintes áreas ou especialidades: hematologia clínicaa, odontologia, cardiologia, neurologia e doenças musculoesqueléticas: alterações na locomoção.

Objetivos

Tomar consciência da realidade atual na prática clínica em Portugal e no Mundo.
Praticar medicina baseada na evidência.
Adquirir novos conhecimentos teóricos, casuística, perícia, método e visão clínica com vista à resolução de casos clínicos reais nas áreas abrangidas pelos conteúdos da unidade curricular.
Pretende-se criar bases para uma futura prática clínica coerente e fundamentada.
Pretende-se formar clínicos com uma visão terapêutica, profilática e preventiva.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Pretende-se criar clínicos competentes atrás da aquisição das seguintes valências:
1. hábitos e métodos de prática clínica certeira, baseados na adequada concretização dos conhecimentos adquiridos ao longo do seu percurso académico e numa abordagem orientada aos problemas;
2. familiarização com procedimentos e técnicas, essenciais à sua vida profissional como clínico;
3. visão e conhecimento aprofundados sobre as particularidades referentes às várias espécies, raças e sexo dos animais de companhia e equinos;
4. capacidade de conduzir uma pesquisa bibliográfica útil à definição do problema em questão e à aprendizagem contínua enquanto clínico, sabendo avaliar o conteúdo e estrutura de um artigo ou publicação.

Metodologias de ensino e avaliação

Os dois componentes são lecionados em aulas teóricas e aulas de campo. As aulas teóricas são magistrais e de frequência voluntária, pretendem-se interativas, com solicitação da participação dos alunos em alguns conteúdos e na discussão de artigos. As aulas de campo são de frequência obrigatória a pelo menos 2/3 das aulas e consistem no acompanhamento, ativo e supervisionado pelos docentes, de casos clínicos reais vistos no âmbito das aulas.
Animais de Companhia e Equídeos têm o mesmo peso na avaliação e fazem média aritmética na nota final. Em ambos quer a avaliação prática como a teórica é contínua podendo o aluno optar e/ou caso não tenha obtido aprovação na avaliação contínua, pela avaliação final em exame prático e teórico desde que tenha o número mínimo de presenças equivalente a 2/3 das aulas de campo. Para aprovação a nota mínima da avaliação prática e teórica é de 10 valores.

Bibliografia principal

Componente - Animais de Companhia
Birchard S.J. and Sherding, R. G. (2000) ¿ Saunders Manual of Small Animal Practice, 2ª edição, W.B. Saunders Company
BonaguraJ.D. (2009) Kirk's Current Veterinary Therapy XIV, WB Saunders Company.
Alleice Summers (2007) Commom Diseases of Companion Animals, 2th edition, Mosby
Couto, G. & Nelson, R., (2006) Medicina Interna de Pequenos Animais (2ªEd.). Mosby Inc. Brasil
Ettinger S, Feldman E. (2010) Textbook of Veterinary Internal Medicine, 7th edition, W.B. Saunders Company
Componente - Equídeos
Auer J.A. and Stick J.A. (2012) Equine Surgery, 4ª Edição
Reed S.M., Bayly W.M., and Sellon D.C.,(2009) Equine Internal Medicine, 3a Edição