Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Genética e Melhoramento I

Curso

Medicina Veterinária

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura; Mestrado | Semestral | 4

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

2 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

100 | 60

Código

ULHT478-8509

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

- A Genética Mendeliana: experiências de Mendel e conceitos fundamentais
- Teoria cromossómica da hereditariedade e experiências associadas
- Análise de pedigrees a sua utilização na Medicina Veterinária
- A base molecular da hereditariedade: Características do material genético
- Cromossomas sexuais e hereditariedade ligada ao sexo
- Genética e doença: principais doenças genéticas e controlo genético e ambiental em investigação veterinária
- Introdução ao estudo da medicina da conservação: Genética aplicada à biodiversidade animal

Objetivos

1- Conhecer a terminologia e os conceitos fundamentais da genética como ciência da hereditariedade
2- Reconhecer a importância da genética mendeliana no estudo da genética moderna e do melhoramento animal
3- Conhecer a teoria cromossómica da hereditariedade
4- Analisar pedigrees e reconhecer a sua importância na Medicina Veterinária
5- Saber reconhecer a ligação ao sexo e a hereditariedade associada aos cromossomas sexuais
6- Reconhecer as principais doenças genéticas e sua relação com a Medicina Veterinária
7- Adquirir conhecimentos sobre a conservação da biodiversidade genética
8- Saber identificar as principais técnicas para detecção de marcadores moleculares

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

1- Conhecer a terminologia e os conceitos fundamentais da genética como ciência da hereditariedade
2- Reconhecer a importância da genética mendeliana no estudo da genética moderna e do melhoramento animal
3- Conhecer a teoria cromossómica da hereditariedade
4- Analisar pedigrees e reconhecer a sua importância na Medicina Veterinária
5- Saber reconhecer a ligação ao sexo e a hereditariedade associada aos cromossomas sexuais
6- Reconhecer as principais doenças genéticas e sua relação com a Medicina Veterinária
7- Adquirir conhecimentos sobre a conservação da biodiversidade genética
8- Saber identificar as principais técnicas para detecção de marcadores moleculares

Metodologias de ensino e avaliação

Teórica: exposição da componente programática recorrendo ao uso de meios audiovisuais (powerpoint, etc) e softwares de e-learning.
Prática: aplicação dos temas lecionados nas aulas teóricas através de aulas laboratoriais onde são definidos protocolos de análise genética.

A avaliação assume as seguintes formas:
a- Avaliação contínua:
1) Prática - realização de um teste individual (60%), apresentação oral de um artigo científico (20%) e apresentação oral do relatório de laboratório (20%)
2) Teórica ¿ realização de duas fichas de avaliação escrita (90%) e assiduidade (10%) .
A aprovação da avaliação prática e teórica é obtida com um mínimo de 9,5 valores.

b- Avaliação em exame final
Caso o estudante não obtenha aprovação por avaliação contínua poderá ser avaliado em exame final.
A classificação final da unidade curricular corresponderá à média ponderada da avaliação prática (50%) com a avaliação teórica (50%).

Bibliografia principal

Allendorf, F.W.; Luikart, G.H. & Aitken, S.N. (2012). Conservation and the Genetics of Populations (2nd Edition). Wiley-Blackwell Nichols, F.W. (2009). Introduction to Veterinary Genetics (3rd Edition). Blackwell Publishing Ltd
Griffiths, A.J. et al (2009). An Introduction to Genetic Analysis (9th Edition). W.H. Freeman, NY
Van Vleck, L.D. et al (1987). Genetics for the animal sciences. W.H. Freeman, NY
Jones (2005). Genetics ¿ Analysis of Genes and Genomes (6th Edition). Jones and Bartlett Publishers, Inc.
Stansfield, W. D. (1985). Genética. 2ª edição, McGraw-Hill do Brasil, Ltda., Brasil