Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Reprodução, Ginecologia e Obstetrícia I

Curso

Medicina Veterinária

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura; Mestrado | Semestral | 4,5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

4 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

126 | 105

Código

ULHT478-8536

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

T:Ciclo éstrico. Controlo hormonal e neuroendócrino. Patologias da reprodução, técnicas obstétricas e eficiência reprodutiva em ruminantes e suínos. Biotecnologias reprodutivas. Manipulação do ciclo éstrico. IA. Métodos de sincronização e indução de cios, selecção e treino dos machos, momento óptimo para IA e doses de sémen aconselhadas. Recolha e transferências embrionárias. Patologias do pós-parto e infertilidade.
P:Maneio reprodutivo em ovinos e caprinos. Avaliação de machos. Tecnologias reprodutivas em bovinos. Exame clínico genital. Diagnóstico de gestação. Maneio reprodutivo de bovinos de leite. Patologia da reprodução de bovinos de leite. Exame clínico genital da vaca explorada em sistemas extensivos. Tecnologias reprodutivas em pequenos ruminantes. Reprodução em suínos. Exame andrológico do touro. Práticas cirúrgicas e manobras obstétricas em espécies pecuárias.

Objetivos

O aluno deverá no decurso das aulas desta disciplina a adquirir conhecimentos sobre características do ciclo reprodutivo das espécies pecuárias bovina, ovina, caprina e suína e sobre programas de maneio e tecnologias reprodutivas mais frequentemente aplicadas nos efectivos destas espécies.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

No final deste curso o aluno deverá demonstrar conhecimentos teóricos e práticos sobre as principais intervenções nas áreas da fisiologia da reprodução e da ginecologia e obstetrícia em espécies pecuárias.

Metodologias de ensino e avaliação

T: Aulas de frequência voluntária, seguindo o programa definido de acordo com os objectivos da disciplina. A avaliação incide sobre a totalidade da matéria ministrada, com um peso relativo de 50% na classificação final. A nota mínima é de 9,5 valores. A avaliação contínua será composta por duas frequências intercalares.
P: Aulas de frequência obrigatória. O aluno deverá participar de uma forma activa no desenvolvimento da aula quer nas acções inerentes ao manuseamento dos animais quer na execução das tarefas que lhe sejam solicitadas. A avaliação da matéria prática será realizada de forma contínua. A frequência a 2/3 das aulas práticas é obrigatória. A avaliação prática tem um peso relativo de 50% na classificação final. Os alunos serão avaliados com base nos seguintes critérios e respectiva ponderação: Assiduidade (25%), Participação (25%) e Grau de Conhecimentos (50%).

Bibliografia principal

Current Therapy in Large Animal Theriogenology. Youngquist. 2007
Veterinary Reproduction and Obstetrics. Arthur, Noakes, Pearson, Parkinson. 1996.
Hafez & Hafez, 7th ed. (2000). Reproduction in farm animals. Lippincott Williams & Wilkins.
Current Therapy in Theriogenology (Morrow)