Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Empreendedorismo Tecnológico

Curso

Engenharia Informática e Sistemas de Informação

Grau|Semestres|ECTS

Mestrado | Semestral | 7

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

196 | 30

Código

ULHT457-13265

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. Introdução
a. Definição de empreendedorismo
b. Características de um empreendedor
c. Equipa e papéis
d. Visão, missão e estratégia
2. Proposta de Valor
a. Identificação da oportunidade
b. Inovação e vantagem competitiva
c. O efeito ¿Medici¿
d. Análise de concorrência
3. Desenvolvimento da Solução
a. Produtos, processos e/ou serviços
b. Solução minimamente viável
c. Validação contínua
d. Continuar ou mudar?
4. Modelo de Negócio
a. Propriedade industrial
b. Caracterização do mercado
c. Preço e canais de distribuição
d. Projecções financeiras
5. Fontes de Financiamento
a. Desafios e barreiras
b. Vendas
c. Incentivos
d. Capital de risco
6. Marketing
a. Canais de divulgação
b. Estratégias de marketing
c. Indicadores e métricas de impacto
d. Condicionantes
7. Análise de Casos

Objetivos

Pretende-se que os estudantes tenham contacto com conceitos fundamentais de empreendedorismo e inovação de base tecnológica, desde a fase da ideia até à sua exploração.

Será dado ênfase à aplicação dos conhecimentos adquiridos no desenvolvimento de casos práticos, passíveis de criação oportunidades reais com potencial para valorização económica por via de comercialização e/ou atração de investimento.

No final, os estudantes deverão ser capazes de caracterizar oportunidades de negócio, definir estratégias de validação das ideias, criar propostas de valor, conhecer os diversos modelos de exploração comerciais, e compor um planos de negócios detalhado.

Metodologias de ensino e avaliação

As aulas são leccionadas com recurso à exposição dos conteúdos programáticos, demonstração dos temas abordados com casos de estudo, e uma forte componente participativa por parte dos alunos através de perguntas e discussão.
A avaliação tem uma componente contínua e um projecto (descritos abaixo), resultando a nota da disciplina da média ponderada de ambas as componentes (cada uma com nota mínima de 10 valores):
1. Avaliação contínua (50%): Apresentações semanais de 3 a 5 minutos focadas na transposição dos assuntos da aula anterior para o tema de projecto escolhido pelos alunos.
2. Projecto final (50%): Expansão dos materiais utilizados na avaliação contínua e compilação num plano de negócios (seguindo modelo fornecido), slides (máx: 20) de apresentação do plano de negócios, e um plano financeiro em Excel.
Os alunos realizam as actividades previstas individualmente ou em grupo (máx: 2 pessoas por grupo). A formação dos grupos e escolha do tema do projecto é feita no início das aulas.

Bibliografia principal

Isaacson, W., (2015). Steve Jobs. Simon & Schuster. ISBN 978-1501127625.
Byers, T., Dorf, R. and Nelson, A., (2014). Technology Ventures: From Idea to Enterprise. McGraw-Hill Higher Education. ISBN 978-1259252754.
Ries, E., (2011). The Lean Startup: How Today's Entrepreneurs Use Continuous Innovation to Create Radically Successful Businesses. Crown Business. ISBN 978-0307887894.
Osterwalder, A. and Pigneur, Y., (2010). Business Model Generation: A Handbook for Visionaries, Game Changers, and Challengers. Wiley. ISBN 9780470876411.
Brown, T., (2009). Change by Design. HarperBusiness. ISBN 978-0061766084.
Price, D., (2009). The Pixar Touch: The Making of a Company. Vintage. ISBN 978-0307278296.
Moore, G., (2006). Crossing the Chasm: Marketing and Selling High-Tech Products to Mainstream Customers. HarperBusiness. ISBN 978-0060517120.
Johansson, F., (2006). The Medici Effect: What Elephants and Epidemics can Teach us About Innovation. Harvard Business School Press. ISBN 978-1422102824.