Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Enterprise Engineering

Curso

Engenharia Informática e Sistemas de Informação

Grau|Semestres|ECTS

Mestrado | Semestral | 7

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

196 | 30

Código

ULHT457-13323

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

- Enterprise Governance
- Principais conceitos
- Observação da organização:
o Visões Mecanicistas e Organizacionais
- Visão tradicional da gestão: White-box versus Black-box
o System Thinking
- Corporate Governance, IT Governance: O problema do Alinhamento
o Governance Frameworks: COSO, COBIT
o Alignment Frameworks: SAM, Arquétipos de IT
- Enterprise Governance: Enterprise Ontologies & Architectures
- Mudança na organização
o OutSourcing, Inovação
- Casos de Estudo organizacionais
- Enterprise Ontology
- Principais Conceitos
- DEMO: teoria e metodologia
- Aplicação do DEMO a casos de estudos organizacionais (por exemplo):
o Controlo de transações de negócio em DEMO
o Controlo de acessos em transações de negócio em DEMO
- Enterprise Architecture
- Principais conceitos
- Principais Frameworks: de Zachman a TOGAF®
- Modelação AE com Archimate
o Archimate: conceitos
o Viewpoints
o Alinhamento AE
- Casos de Estudo organizacionais com Archimate

Objetivos

A atual complexidade nas organizações é resultado da complexidade estratégica, de gestão e da tecnologia que suporta ambas. As intervenções efetuadas nas organizações têm um índice de sucesso demasiado baixo quando comparado com os investimentos que são feitos. Este problema induz a necessidade de investigar novas abordagens que permitam compreender os fenómenos dinâmicos que envolvem a atuação dos atores organizacionais na execução suas atividades e assim alinhar continuamente a operação da organização com a estratégia previamente definida.
Esta UC pretende contribuir com:
- A introdução da disciplina de EE (Enterprise Engineering) e das suas 3 subáreas: EG (Enterprise Governance) + EO (Enterprise Ontology) + EA (Enterprise Architecture).
- O desenvolvimento das capacidades de investigação dos alunos, criando condições propícias para o exercício da investigação científica numa área de especialização de conhecimento recente.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

É requerido que o aluno adquira sensibilidade para a problemática da enterprise engineering no contexto de desenho e organização usando princípios básicos de engenharia.
Em adição, é expectável que aluno seja capaz de desenhar e implementar soluções complexas alinhadas com os objectivos definidos para cada organização.
O desenho ontológico de um sistema organizacional é introduzido com o objetivo de transmitir novas capacidades intelectuais a que os alunos tipicamente não são confrontados ao longo da sua formação anterior.
O conceito de projecto como unidade mínima de debate ao longo das aulas, é neste domínio que se pretende que o aluno tome iniciativas.

Metodologias de ensino e avaliação

A metodologia seguida é baseada em:
¿ Método expositivo para as aulas teóricas onde os alunos são confrontados com casos de estudo reais e onde se fomenta o debate de ideias acerca dos temas lecionados.
¿ Método criativo de projecto para que os alunos autonomamente sejam confrontados com problemas para os quais têm que conceber soluções.
Usam-se problemas organizacionais retirados de temas de investigação contemporâneos, como por exemplo, sistemas de controlo de transações de negócio.
Avaliação:
¿ 1ª Época: 2 Projetos (50%) + full Paper conferência (5000 palavras) (50%), ou
¿ 2ª Época e época especial: 2 Projetos (50%) + full Paper conferência (5000 palavras) (50%), (nota mínima 8.0 em cada componente)

Bibliografia principal

¿ [Dietz,2006] J. L. G., Dietz, ¿Enterprise Ontology: Theory and Methodology¿, Springer-Verlag Berlin Heidelberg, 2006.
¿ [Hoogervorst, 2009] Hoogervorst, J. A. (2009). Enterprise Governance and Enterprise Engineering. The Enterprise Engineering Series. Springer Science.
¿ [Herwig and Verelst, 2009] Herwig, M. and Verelst, J. (2009). Normalized Systems: Recreating Information Technology based on Laws for Software Evolvability. Koppa.
¿ [Hevner et al., 2004] Hevner, A. R., March, S. T., Park, J., and Ram, S. (2004). Design science in information systems research. MIS Q., 28:75¿105.
¿ [Land et al., 2009] Land, M., Proper, E., Waage, M., Cloo, J., and Steghuis, C. (2009). Enterprise Architecture Creating Value by Informed Governance. Springer-Verlag Berlin Heidelberg.
¿ [Lankhorst, 2009] Lankhorst, M. (2009). Enterprise Architecture at Work: Modelling, Communication and Analysis. Springer-Verlag Berlin Heidelberg, second edition edition.