Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Detecção e Orientação de Talentos

Curso

Futebol - da Formação à Alta Competição

Grau|Semestres|ECTS

Mestrado | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

125 | 25

Código

ULHT2166-10884

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. Bases teóricas:
1.1. Talento desportivo e talento motor;
1.2. Deteção, identificação, desenvolvimento e seleção de talentos desportivos;
1.3. Programas de identificação e desenvolvimento de talentos desportivos;
1.4. Sistemas de recrutamento e de promoção de talentos desportivos;
2. Modelo básico e operativo:
2.1. Determinantes básicos da modalidade desportiva;
2.2. Perfil de características do atleta.
3. Metodologia e controlo das variáveis que condicionam o sucesso desportivo:
3.1. Bateria de testes utilizada em programas de identificação de talentos desportivos;
3.2. O efeito do tamanho, composição corporal e maturação biológica sobre o desempenho funcional e motor dos atletas.
3.3. Qual a influência do treino sobre o crescimento e maturação dos atletas?
4. Orientação de talentos:
4.1. Períodos sensíveis para o desenvolvimento das capacidades funcionais e das habilidades motoras gerais e específicas;
4.2. Etapas de preparação desportiva a longo prazo.

Objetivos

O objectivo desta UC é a detecção, identificação, desenvolvimento e seleção de talentos desportivos, bem como o estabelecimento de programas de identificação a metodologia e controlo das variáveis que condicionam o sucesso desportivo (composição corporal, crescimento e maturação).

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

1. Desenvolver a reflexão crítica sobre os diferentes modelos de referência e fases do processo de identificação e desenvolvimento de talentos desportivos;
2. Identificar as interdependências entre os processos de crescimento, maturação biológica e adaptações ao treino desportivo;
3. Desenvolver competências e autonomia para a avaliar o potencial desportivo dos atletas em situação de treino e/ou competição;
4. Conhecer e desenvolver modelos e etapas de preparação desportiva a longo prazo.

Metodologias de ensino e avaliação

No início da UC serão utilizadas técnicas expositivas, onde se trabalham os conceitos-chave. Numa segunda fase, trabalha-se o modelo básico e operativo (em grupo), com referência na modalidade desportiva do estudante. O racional teórico do modelo é construído com suporte em artigos científicos, justificando assim as opções do estudante no processo que culmina com a construção dum protocolo de avaliação específico para a sua modalidade desportiva. Numa terceira fase, trabalham-se modelos de referência de deteção e desenvolvimento de talentos desportivos, devendo o estudante refletir sobre estes e construir um modelo operacional para a sua modalidade desportiva (em grupo). A avaliação decorre da apresentação e discussão do racional teórico do modelo básico e operativo e da defesa de um modelo operacional para a deteção e orientação de talentos numa modalidade desportiva previamente definida.

Bibliografia principal

Gullich, A. (2014). Selection, de-selection and progression in German football talent promotion. Eur J Sport Sci, 14(6), 530-537
Honer, O, Votteler, A, Schmid, M, Schultz, F, Roth, K. (2014). Psychometric properties of the motor diagnostics in the German football talent identification and development programme. J Sports Sci, 1-15
Lloyd, R. S., & Oliver, J. L. (2012). The youth physical development model: a new approach to long-term athletic development. Strength and Conditioning Journal, 34(3), 61-72
Vaeyens, R, Lenoir, M, Williams, A. M, Philippaerts, R. M. (2008). Talent identification and development programmes in sport: current models and future directions. Sports Med, 38(9), 703-714
Vandendriessche, J. B, Vaeyens, R, Vandorpe, B, Lenoir, M, Lefevre, J., Philippaerts, R. M. (2012). Biological maturation, morphology, fitness, and motor coordination as part of a selection strategy in the search for intern. youth soccer players (age 15-16 years) J Sports Sci, 30(15), 1695-1703