Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Organização Industrial

Curso

Gestão de Empresas (M)

Grau|Semestres|ECTS

Mestrado | Trimestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

125 | 48

Código

ULHT461-39

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. A teoria da empresa
1.1. A origem da moderna empresa capitalista
1.2. A natureza da empresa
1.3. O empreendedor
2. O Mercado, a concorrência e os concorrentes
2.1. Conceito de mercado e sua definição
2.2. Estrutura de mercado
2.3. Modelos de análise do mercado
2.4. Comportamento estratégico: conceitos básicos de teoria dos jogos
2.5. Modelos de relação estratégica
2.6. Entrada e Saída de mercado
3. Posição estratégica e dinâmica
3.1. Análise da indústria
3.2. Posicionamento estratégico e vantagem competitiva
3.3. Sustentabilidade da vantagem competitiva
4. Política Industrial, Regulação económica e Lei da Concorrência
4.1. Conceitos
4.2. Política Industrial em Portugal
4.3. A Regulação Económica em Portugal
4.4. A Lei da Concorrência Portuguesa

Objetivos

As empresas actuam num ambiente de mercado que condiciona a sua capacidade de decisão e impõe comportamentos estratégicos.
Nesta disciplina pretende-se, primeiro, compreender qual a natureza da empresa para, depois, se explorar o seu comportamento e posicionamento estratégico em diferentes estruturas de mercado.
Dá-se particular atenção aos comportamentos de interacção estratégica e de decisão estratégica da empresa, com o intuito de discutir e analisar cenários próximos da realidade.
Essencial à compreensão do comportamento estratégico da empresa é a caracterização do espaço em que esta se movimenta, pelo que se abordam, inicialmente, as técnicas de definição de mercado e sua caracterização

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Pretende-se que os alunos desenvolvam competências nos seguintes temas:
i. Compreensão da empresa como uma instituição complexas que resulta de dinâmicas de eficiência nos custos de transacção e de opções comportamentais.
ii. Identificação e caracterização dos mercados em que uma empresa concorre.
iii. Identificação da estrutura concorrencial em que uma empresa actua.
iv. Identificação de estratégicas económicas a adoptar no mercado.
v. Distinção entre regulação e análise jusconcorrencial
vi. Compreensão do quadro de aplicação da Lei da Concorrência

Metodologias de ensino e avaliação

A disciplina é leccionada numa perspectiva de Economia Industrial aplicada ou economia estratégica.
Procura-se discutir a aplicação dos conceitos da microeconomia, teoria dos jogos, organização industrial e regulação no âmbito de estudo de casos reais, concentrando a atenção na decisão estratégica da empresa nos diferentes cenários.
Privilegia-se a avaliação contínua, sendo possível ao aluno optar por um exame final.
A avaliação contínua integra três momentos de avaliação: participação nas aulas (10%); Dois trabalhos individuais (45%); e frequência escrita (45%).

Bibliografia principal

Besanko, D; Dranove, D., Shanley, M.; Schaefer, S. (2013), Economics of Strategy, 6td edition, Wiley
Chandler, A. (1994), Scale and Scope: The Dynamics of Industrial Capitalism, Harvard University Press,
Spulber, D (2009), The theory of the firm: microeconomics with endogenous entrepreneurs, firms, markets and organization, Cambridge
Cabral, Luís (2002),Introduction to Industrial Organization, The MIT Press, Cambridge Massachusetts
Bishop, S. and Walker, M. (2010), The Economics of EC Competition Law: Concepts, Application and Measurement, Sweet and Maxwell
Froeb, L. (2008),Managerial Economics: A Problem-Solving Approach, 2nd Edition. Vanderbilt University;
Tirole, Jean (1988),The theory of Industrial Organization, The MIT Press, Cambridge Massachusetts
Church, Jeffry e Ware, Roger (2000),Industrial Organization, a Strategic Approach, Mc Graw Hill International Editions
Serão propostas leituras complementares de artigos científicos adequados à matéria lecionada.