Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Teoria e Metodologia do Conhecimento Científico

Curso

Treino Desportivo

Grau|Semestres|ECTS

Mestrado | Semestral | 4

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

112 | 20

Código

ULHT774-10876

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

Conhecimento científico
1.1-O que faz pensar?
1.2-Significado de ser bom e ciência
1.3-Função dos obstáculos epistemológicos
1.4-Problema da objectividade e da subjectividade
1.5-Pensar como recordar
1.6-Pensar como memória e imaginação
1.7-Especialização
1.8-Relativismo das interpretações
1.9-Carácter ilusório do mundo
Método e ética do conhecimento
2.1-Ciência e filosofia como práticas interrogativas
2.2-Conhecimento,informação,conhecimento científico e filosófico,teoria
2.3-Ciências da natureza e humanas
2.4-Problema do método:reflexões epistemológicas
2.5-Ética do conhecimento
2.6-Ética da compreensão
Origem possibilidades do conhecimento
3.1-Conhecimento como actividade
3.2-Relação sujeito-objecto
3.3-Função da linguagem no processo de conhecimento
3.4-Possibilidade do conhecimento:Dogmatismo,cepticismo,subjectivismo e relativismo,pragmatismo,criticismo
3.5-Origem do conhecimento:racionalismo,empirismo,intelectualismo, apriorismo
3.6-Verdade
3.7-Verdade e poder

Objetivos

1.Aquisição de utensilagem adequada ao processo de investigação e dos fundamentos da explicação e compreensão da realidade, no respeito pela interdisciplinaridade.
2.Apreensão da consciência do itinerário do pensar ciêntifico, para além do senso comum e das certezas feitas e, de acordo com os princípios éticos e as normas morais, com a preocupação de resolver problemas práticos da vida humana.
3.Formulação de projectos de investigação, a partir da construção de problemas, do diagnóstico das situações e da escolha de unidades de análise mais ajustadas à realização de pesquisa.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

1. Aquisição da utensilagem adequada ao processo de investigação e dos fundamentos da explicação e compreensão da realidade, no respeito pela interdisciplinaridade.
2. Apreensão da consciência do itinerário do pensar científico, para além do senso comum e das certezas feitas e, de acordo com os princípios éticos e as normas morais, com a preocupação de resolver problemas práticos da vida
humana.
3. Formulação de projectos de investigação, a partir da construção de problemas, do diagnóstico das situações e da escolha de unidades de análise mais ajustadas à realização da pesquisa.

Metodologias de ensino e avaliação

O processo ensino-aprendizagem está organizado em aulas teóricas,teórico-práticas e orientação tutorial.Nas aulas T são apresentados os conteúdos programáticos pelo docente,recorrendo às técnicas consideradas mais apropriadas para trabalhar o tema em análise,com o objectivo fazer o enquadramento conceptual desta problemática e despertar o interesse pela reflexão e debate de ideias.As aulas TP são trabalhados os conteúdos temáticos do programa,atribuindo-se aos estudantes um papel ativo no processo de aprendizagem,através de tarefas a realizar na aula(recensões críticas e fichas de trabalho)(factor de ponderação na nota final) e apresentação escrita e oral de um trabalho.Nas diferentes tarefas os estudantes contam com a orientação tutorial do docente.
Critérios de Avaliação:Capacidade de pesquisa e síntese-20%.Domínio das matérias abordadas-40%.Apresentação escrita:Clareza e correção na elaboração do texto-20%.Apresentação oral:Clareza e correção na exposição e defesa do trabalho-20%.

Bibliografia principal

Oliveira, L. (2013). Ética em investigação científica. Lisboa: LIDEL
Morin, E. (2005). O método VI. Mem Martins: Publicações Europa-América
Soares, M. (2004). O que é o conhecimento? Porto: Campo das Letras.
Stein, E. (1993). Seminário sobre a verdade. Pétropolis: Vozes