Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Metodologias de Investigação Científica

Curso

Turismo (M)

Grau|Semestres|ECTS

Mestrado | Semestral | 7

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

180 | 40

Código

ULHT487-7334

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

M1 - Introdução à investigação em ciências sociais
1. Questões epistemológicas na investigação
2. Pressupostos e ferramentas da ciência
3. Os paradigmas quantitativo e qualitativo
4. O método científico
5. O papel da investigação
M2 ¿ Modelos e métodos de investigação em ciências sociais
1. Grandes abordagens metodológicas: experimental, quasi-experimental e não-experimental
2. Perspectivas de orientação interpretativa
3. Investigação etnográfica
4. Estudos de caso
5. Investigação-acção
M3 - Planeamento da Investigação em ciências sociais
1. Formulação de objectivos e hipóteses
2. Selecção de escalas de medição e de unidades de observação
4. Delineamento da investigação e da análise
5. Especificação das actividades de investigação
6. Organização de uma proposta de investigação
M4 - Medição e instrumentação em ciências sociais
1. Observação e Medição
2. Construção de escalas de medição
3. Validade e fiabilidade de escalas
4. Construção e pré-teste de instrumentos

Objetivos

A investigação em ciências sociais aplicada ao domínio do Turismo visa compreender e explicar fenómenos sociais e organizacionais no campo da Turismo e domínios afins. Assim, a ênfase desta disciplina assenta no estudo das formas e métodos mais adequados à análise, interpretação e compreensão dos fenómenos humanos e sociais no domínio específico da actividade do Turismo.
Especificamente, esta disciplina pretende proporcionar aos(às) mestrandos(as):
1. Compreender e analisar as etapas e conceitos básicos inerentes ao processo de investigação no domínio das ciências sociais e humanas;
2. Adquirir competências para delinear e planear estudos e projectos de investigação no domínio das ciências sociais e humanas.
Em suma, o(a) mestrando(a) ficará habilitado(a) a delinear e planear projectos de investigação social na área do Turismo.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

1. Capacidade de compreender e analisar os conceitos básicos e as etapas inerentes ao processo de investigação no domínio das ciências sociais e humanas;
2. Delinear e planear estudos e projectos de investigação no domínio das ciências sociais e humanas com especial incidência na área do Turismo
3. Medir e observar fenómenos sociais e humanos
4. Elaborar uma proposta de investigação no domínio do Turismo

Metodologias de ensino e avaliação

As sessões têm essencialmente um carácter de forum de discussão privilegiando o debate e todos os métodos que permitem e incentivam a activa participação dos mestrandos. A avaliação da aprendizagem será feita com base em dois aspectos:(1) Participação nas sessões;(2) Conhecimentos e competências adquiridos.
a) Participação activa nas sessões(15%)
A participação activa nos processos de aprendizagem ao longo das sessões é um elemento fundamental para o seu sucesso. A participação será avaliada com base na participação activa durante as sessões. Cada mestrando(a) deverá participar em pelo menos 75% do tempo total das horas lectivas.
b) Conhecimentos adquiridos(85%) Os conhecimentos adquiridos serão avaliados com base na apresentação e discussão individual de uma proposta de investigação. A proposta não deverá exceder 20 páginas A4, letra Arial 11(ou equivalente), com 1,5 espaços entre linhas e margens de 3cm.

Bibliografia principal

ALTINAY, L. And A. PARASKEVAS (2008). Planning research in hospitality and tourism. Oxford: Elsevier Butterworth-Heinemann
BARDIN, Laurence. (2005). Análise de Conteúdo. (3ª ed.), Lisboa: Edições 70.
CRESWELL, J.W. (1994). Research Design. Qualitative & Quantitative Approaches. Thousand Oaks: Sage Publications
GOODSON, L. And J. Philimore (2004). Qualitative Research in tourism: ontologies, epistemologies and methodologies. London: Routlege
POPPER, K., (2007). A Logica da Pesquisa Cientifica. S. Paulo: Cultrix
POUPART, J. et al. (2008) A Pesquisa Qualitativa. Enfoques Epistemológicos e Metodológicos. Petropólis: Ed. Vozes.
MITCHELL, L. S. (1994). Travel Tourism and Hospitality Research: a Handbook for Managers and Researchers. Ed. Wiley & Son.
RICHARDS, G. and MUNSTERS, W. (2010). Cultural Tourism Research Methods. Oxfordshire, UK: CABI International
Yin, R. K. (2002). Estudo de Caso. Planeamento e Métodos. Porto Alegre: Bookman