Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

CRMs e ERPs: Tornar as Empresas Mais Eficientes

Think Open foi a empresa convidada para mais um Ciclo de Conferências Tecnologia Empresa e Sociedade

O Departamento de Engenharia Informática e Sistemas de Informação (DEISI) organizou a conferência "CRMs e ERPs: Tornar as Empresas Mais Eficientes", que teve lugar no dia 30 de novembro.

Esta conferência tinha como ponto de partida explicar dois tipos de software: o que é usado para controlo financeiro, fiscal e contabilistico da organização (ERP) e o que assegura e protege as informações comerciais da empresa (CRM).

A empresa convidada foi a Think Open Solutions, que se fez representar por Pedro Oliveira, CEO, que apresentou aos alunos a gestão 360º do Odoo. O objetivo foi o de "dar uma visão completa daquilo que é um paradigma que cada vez mais estamos a viver e a integração direta do utilizador final com aquilo que são os processos de organização", referiu Luís Antunes, anfitrião do evento.


A Think Open tem 6 anos e está presente em Portugal, Angola e Brasil. A empresa organiza-se em quatro grandes áreas: desenvolvimento à medida, soluções Web, formação e consultoria e cloud e suport. O software da Think Open foi já implementado e é utilizado por grandes empresas como o Montepio, os restaurantes H3, a Impresa (Expresso, Visão ou Exame), entre outras.

O que que o Odoo?

O Odoo é o sistema de gestão empresarial que atualmente mais cresce no mundo, destacando-se pelo seu modelo de licenciamento 100% Open Source e pela sua flexibilidade extraordinária para customizações e adaptações.


Este permite uma melhor gestão de clientes e fornecedores, organização de recursos humanos, o controle de compras e vendas, a monitorização das finanças e tesouraria, a otimização da produção e aumenta a eficácia do marketing.

Esta ferramenta tem grandes vantagens nos dias de hoje, não só é bastante simples, como também é acessível em qualquer lugar e em qualquer dispositivo. Mas a maior vantagem é que "quando utilizamos o Odoo percebemos que temos toda a gestão da empresa, numa única ferramenta é possível aceder às mais diversas áreas" como diz o CEO convidado.

Ana Rita Durão
Comunicação Institucional
Notícias Lusófona