Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Futuro do futebol de formação debatido na Lusófona

A expansão do futebol de formação esteve em foco.

A expansão do futebol de formação esteve em foco na Universidade Lusófona de Lisboa, onde decorrem, esta quinta-feira, as "Conferências de Gestão, Marketing e Performance no Desporto".

As sessões foram inauguradas por João Guerra, fundador e CEO da "Dream Football", uma plataforma digital - e gratuita - de scouting global, que conta com Figo como co-fundador e Luiz Felipe Scolari como coordenador técnico.

O objetivo passa por proporcionar oportunidades e situações de igualdade para todos os jovens jogadores do mundo, que podem fazer o upload de vídeos no site (www.dreamfootball.com) onde exibem as suas capacidades futebolísticas. Semanalmente, os 10 vídeos com mais visualizações são avaliados pela equipa técnica da Dream Football e posteriormente, graças às parcerias existentes (Sporting, Chelsea, Real Madrid, Fluminense, 1º de Agosto, entre outros), os jovens jogadores poderão fazer estágios e estar um passo mais perto de se tornarem profissionais. Um dos exemplos dados pelo orador foi Matias Lui, atual jogador do Inter Milão e internacional sub-17 do Brasil, que obteve visibilidade no futebol graças ao projeto.

Um dos próximos passos da empresa será o desenvolvimento de uma aplicação para telemóvel, que permita a captura e edição de vídeos de uma forma mais imediata.

O crescimento do Belenenses

Ao nível nacional, João Raimundo, segundo orador e coordenador da formação do Belenenses, apresentou o atual projeto do clube do Restelo, assente num crescimento sustentado dos jovens jogadores.


Entre a época 2011/2012 e a atual temporada, os azuis restruturaram a formação e impulsionaram a Escola de Futebol Belenenses. De um "Belenenses pouco competitivo e com ausência de relações entre o futebol profissional e de formação", a estrutura dos azuis melhorou as infraestruturas ¿ como a recente melhoria do campo das Salésias, que Record noticiou -, expandiu as suas escolas de formação na região de Lisboa e inseriu todas as equipas nos campeonatos da Associação de Futebol de Lisboa.

"Os resultados estão à vista, com a passagem inédita dos sub-15, sub-17 e sub-19 à 2.ª fase dos respetivos campeonatos e a apresentação de candidatura para certificação como Academia UEFA", sublinhou João Raimundo.

Fonte: Record