Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Mestrado em Diplomacia e Relações Internacionais

Faculdade de Ciências Sociais, Educação e Administração

Apresentação do Curso

O Mestrado ou 2.º Ciclo em Diplomacia e Relações Internacionais, com o plano de estudos aprovado pelo Despacho n.º 26207/2009, de 30 de novembro, alterado pelo Despacho nº 15896/2012 de 12 de dezembro , teve início no ano letivo de 2010/11.
Este Mestrado dispõe de um Gabinete de Garantia de Qualidade, supervisionado pelo Diretor, e foi avaliado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior no ano letivo de 2011/12, tendo sido acreditado.
No âmbito do Mestrado foram estabelecidas parcerias com quatro reputadas universidades estrangeiras de: França, Alemanha, Brasil e Estados Unidos da América e protocolos com várias organizações, designadamente a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), a Fundação Friedrich Ebert em Portugal e o Instituto Diplomático do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Razões para frequentar este curso

  • Mestrado acreditado pela A3ES - Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior.
  • Selecionámos um Plano de Estudos destinado a analisar as temáticas relacionadas com a Diplomacia e Relações Internacionais em contextos multidisciplinares.
  • Contamos com uma Biblioteca que disponibiliza um elevado acervo temático, tanto no âmbito da Diplomacia como das Relações Internacionais.
  • Dispomos de um Corpo Docente quase integralmente doutorado e especializado nestas áreas científicas.
  • Proporcionamos o desenvolvimento da Dissertação no âmbito dos programas de investigação do CICPRIS - Centro de Investigação em Ciência Política, Relações Internacionais e Segurança, que garante o acesso a uma rede nacional e internacional de instituições de referência no âmbito da investigação.

Despacho do curso

Despacho n.º 26207/2009, de 30 de novembro, alterado pelo Despacho nº 15896/2012 de 12 de dezembro

Estado de acreditação pela A3ES

Acreditado

Data da publicação

31/07/2012

Deliberação da A3ES

Grau ou Diploma conferido | Duração | ECTS

Mestre |4 Semestres |120 ECTS

Direção do Curso

Professor Doutor Sérgio Augusto Teixeira Travassos Vieira da Silva

Secretariado

Maria Manuela Gomes

Condições de Ingresso

Podem candidatar-se ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre:
a) titulares de grau de licenciado ou equivalente legal;
b) titulares de um grau académico estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do processo de Bolonha por um Estado aderente a esse processo;
c) titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo órgão estatutariamente competente;
d) detentores de currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido pelo órgão estatutariamente competente da ULHT como atestando capacidade para realizar este ciclo de estudos.

Requisitos de Graduação

Ter concluido um total de 120 ECTS

Objetivos

No quadro das competências exigidas nos termos da lei e da prática universitária, o Programa de Mestrado tem como objetivos:
a) Aplicar os conhecimentos e capacidade de compreensão de resolução de problemas relacionados com a Diplomacia e Relações Internacionais a contextos alargados e multidisciplinares.

b) Emitir juízos sobre as implicações e responsabilidades éticas, sociais e políticas, resultantes das soluções para os problemas propostos pela Diplomacia e Relações Internacionais.

c) Desenvolver a capacidade de comunicar os seus conhecimentos e raciocínios quer a especialistas, quer a não especialistas, de uma forma clara.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

A parte curricular do programa de mestrado proporciona uma formação sólida em Diplomacia e Relações Internacionais e desenvolve a capacidade dos mestrandos para estudar tópicos avançados de forma autónoma.

Durante a parte curricular são desenvolvidas competências que promovem o espírito crítico, a capacidade de análise e de autonomia científica que representam o ponto de partida para a fase de investigação que se regista na elaboração da tese.

A metodologia de avaliação adotada, com realização de trabalho escrito, defendido em apresentação oral pública, fornece também competências de transmissão de conhecimentos, permitindo esta avaliação aferir da eficácia da metodologia escolhida.

Pretende-se que os mestrandos adquiram competências que lhes permitam a análise crítica, a organização do conhecimento e o cumprimento de todas as fases da investigação no processo de elaboração da tese.

Equipamentos e Instalações

As aulas do Mestrado decorrem em modernas salas de aula no edifício U, todas equipadas com videoprojetor portátil, PC/Netbook portátil, retroprojetor e ecrã.
Além disso, a ULHT disponibiliza instalações para o apoio às atividades letivas, concretamente, no Centro de Trabalho Tecnológico, nas Salas de Estudo e numa Biblioteca que dispõe não só de livros de hardback, mas também de paperbacks de referência e que possibilita a consulta eletrónica de várias revistas científicas e académicas.
O acervo bibliográfico temático do Mestrado é objeto de permanente atualização, tendo como base as sugestões do corpo docente e a análise crítica da bibliografia dos vários Mestrados em Diplomacia e em Relações Internacionais existentes nas universidades portuguesas, europeias e americanas.

Estudos Futuros

O Mestrado em Diplomacia e Relações Internacionais é o ciclo intermédio entre a Licenciatura e o prosseguimento dos estudos no Doutoramento nas duas áreas científicas privilegiadas no Mestrado ou em áreas afins.

Saídas Profissionais

Os objetivos do Mestrado mostram, claramente, que o mesmo não pretende assumir-se como uma «escola de Diplomatas», situação que, aliás, constitui uma mais-valia. De facto, as saídas profissionais são numerosas, uma vez que o Mestrado está direcionado para os mais diversos setores da vida social. Assim, os Mestres em Diplomacia e Relações Internacionais poderão vir a desempenhar funções em embaixadas, órgãos da administração central, regional e autárquica, partidos políticos, empresas, sindicatos, associações, organizações internacionais e agentes de desenvolvimento e cooperação.

Áreas Científicas

Ciência política e cidadania | Ciências sociais e do comportamento | Ciências sociais, comércio e direito

Plano de Estudos

Despacho n.º 26207/2009, de 30 de novembro, alterado pelo Despacho nº 15896/2012 de 12 de dezembro
1.º Ano/ Tronco comumSemestre ECTS
Cidadania e Direitos Humanos1º Semestre6
Estratégia, Diplomacia e Segurança do Estado1º Semestre6
Metodologia da Investigação Científica1º Semestre6
Opção 11º Semestre6
Organismos e Organizações Internacionais1º Semestre6
Espaço Lusófono - Sistemas Políticos, Governação e Relações Internacionais2º Semestre6
História da Diplomacia em Portugal2º Semestre6
Origem e Conceitos da Negociação e Diplomacia2º Semestre6
Protocolo e Diplomacia2º Semestre6
Teoria e História do Processo de Construção Europeia2º Semestre6
2.º Ano/ Tronco comumSemestre ECTS
Dissertação / Trabalho de Projeto / Relatório de EstágioAnual60

Corpo Docente

Lista de Professores do Curso, Habilitações e Regime de Tempo
DocenteHabilitações AcadémicasRegime
Fernanda Maria Neutel PereiraDoutoramentoTempo Integral
Fernando Rui De Sousa CamposDoutoramentoTempo Integral
José Filipe PintoAgregaçãoTempo Integral
Nuno Manuel Cardoso Da SilvaDoutoramentoTempo Integral
Regina Maria Da Cruz QueirozDoutoramentoTempo Integral
Sérgio Augusto Teixeira Travassos Vieira Da SilvaDoutoramentoTempo Integral
Sílvia Teresa Guerreiro Lopes MangeronaMestradoTempo Parcial
Teotónio Rosário De SouzaDoutoramentoTempo Integral
Vasco Fernando Ferreira RatoDoutoramentoTempo Parcial

Valores

Antecipa-te 0 €
Alunos externos 0 €
Titulares de curso superior (Grupo Lusófona) 0 €
Titulares de curso superior 120 €
Matrícula e Incrição175 €
Seguro Escolar40 €
Valor médio mensal para 30 ECTS para disciplinas semestrais 235,2 €
Valor por ECTS 7,84 €