filmeu

Docente
Maria Mire Das Dores Santos Carriço

Maria Mire Das Dores Santos Carriço
CB11-85D8-60CB
0000-0002-9668-4261

Graus

  • Licenciatura
    Licenciatura em Artes Plásticas - Escultura
  • Mestrado
    Mestrado em Práticas Artísticas Contemporâneas
  • Doutoramento
    Doutoramento em Arte e Design

Publicações

Magazine article

  • 2013-07-06, Embankment #6, Cadernos de Curadoria / Guimarães 2012 - Capital Europeia da Cultura
  • 2009-06-01, Sobre uma experiência temporal precisa: Embankment #4, VOCA

Journal issue

  • MEDIA-BODIES: MATTER AND IMAGINARY
  • "Dead link: mediações das práticas artísticas /// Dead link: mediations of artistic practice"
  • Mácula

Journal article

  • 2022, SOOPA: Que som é aquele?, Revista de História da Arte. Série W,
  • 2020, Counter-Devices of Moving Image: The Werner Nekes Collection, Journal of Science and Technology of the Arts

Thesis / Dissertation

  • 2016, PhD, FANTASMAGORIAS - A imagem em movimento no campo das artes plásticas
  • 2008, Master, O Ecrã - operatividade de um dispositivo no território dos poéticos artistas contemporâneos

Book

  • 2012, Embankment #8, 1, Mire, Maria; Saldanha, Jonathan; Castro, Aida, Fundação Cidade de Guimarães

Book chapter

  • 2020, In SARA & ANDRÉ (eds.) — Inquérito a 263 artistas (Edição Especial). Lisboa: Contemporânea, 2020. ISBN 978-989-53046-0-8
  • 2019, Aparatos disruptivos: a imagem em movimento e os dispositivos artísticos, In OLIVEIRA, Anabela Branco et al. (eds.) — O Cinema e Outras Artes II: Diálogos e Inquietudes Artísticas., Covilhã: LabCom.IFP / Universidade da Beira Interior
  • 2017, Comunicado: Embankment #9. In Ao Monte., Ao Monte. , Edicões Escarpa
  • 2014, Um corpo empático às imagens: notas sobre o dispositivo cinematográfico, Este corpo que me ocupa , BUALA
  • 2010, Opacidade e transparência, Antena 4, 1, Fundação de Serralves

Edited book

  • 2013, 1, NAi / i2ADS
  • 2010, 1, Fundação de Serralves

Newsletter article

  • 2010, Violência opaca, Encontros Videográficos: Fernando José Pereira
  • 2010, Resistência à espera, Encontros Videográficos: Cristina Mateus
  • 2010, De um vermelho vivo, Encontros Videográficos: João Sousa Cardoso

Conference paper

  • O Ecrã: a operatividade da moldura e a sua diluição no campo da imagem em movimento, Avanca Cinema 2012
  • O Cinema Expandido e os Espectáculos de Fantasmagoria, Avanca Cinema 2013
  • As fantasmagorias da técnica: uma arqueologia aos dispositivos da imagem em movimento, IX Encontro Anual da AIM

Conference abstract

  • 2017, Aparatos disruptivos: a imagem em movimento e os dispositivos artísticos, Encontro Internacional, O Cinema e as outras Artes
  • 2013, Mobilizing the body through the movement of images, On Cinema 2013
  • 2005, Private Rhythms, UIA 2005 Istanbul - XXII World Congress of Architecture

Exhibition catalog

  • 2020, Mulheres artistas docentes: 1970-2019. Porto: FBAUP (e-book), ISBN 978-989-98284-4-5
  • 2013, "Laboratório de Curadoria / Curators' Lab - o livro". Guimarães 2012 - Capital Europeia da Cultura [Catálogo], Guimarães
  • 2008, “Projecto Informal”. Laboratório das Artes / Sociedade Martins Sarmento [Catálogo], Guimarães
  • 2007, "Deslocações", Braga Parque [Catálogo], Braga
  • 2005, "VídeoLisboa – 5º Festival Internacional de Vídeo". Clube Português de Artes e Ideias / Fórum Lisboa [Catálogo], Lisboa

Artistic exhibition

  • 2020, Playlist #44: Aida Castro e Maria Mire, curadoria de Nuno Ramalho
  • 2007, “PACK”, Exposição Colectiva, Reitoria da Universidade do Porto, Porto
  • 2007, “Empty Spaces”, Cinema e Imagem em Movimento no Ar.Co, Galeria ArteContempo, Lisboa
  • 2005, "Empty Spaces", VídeoLisboa – 5º Festival Internacional de Vídeo, Secção PT.RAMA, Fórum Lisboa, Lisboa
  • 2005, "Empty Spaces", VideoEvento 2005 - Festival di nuove immagini e dei new media, Torino (Itália)
  • 2005, "Empty Spaces", Festival d’Images Artistiques Vidéo – 5e édition. Centre d’Art Santa Mónica, Metròmon – Fundació Rafael Tous d ´ Art Contemporani, Barcelona (Espanha)
  • 2005, "Bride and halo", LisboaPhoto 2005, “A Imagem Cesura”, Programa Paralelo, Ar.Co. Lisboa
  • 2005, "Bride and halo", ArteLisboa – Feira de Arte Contemporânea, Galeria Cubic, Lisboa
  • 2004, “Exposição de Verão”, Ar.Co., Almada

Visual artwork

  • “Urban Panopticon”, Encontro Internacional “Michel Foucault: Lei, Segurança e Disciplina – Trinta anos depois de Vigiar e Punir”, Instituto Franco-Português, Lisboa
  • “Monitor”, Exposição Colectiva, PêssegopráSemana, Porto
  • “Espólio Revisitado #3”, Colectivo Embankment, The Rescue Of The Effects - Notes for a Theory of the Reader, General Public, Berlim (Alemanha)
  • “Espólio Revisitado #2”, Colectivo Embankment, Projecto I.M.A.N, Casa das Artes, Famalicão
  • “Empty Landscapes”, Deslocações, Braga Parque, Braga
  • “CCTV”, Para a Internidade..., Institut Français du Portugal, Lisboa
  • “A tragédia - parte 1”, DAD – Proposta I, Museu da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto
  • VULCANISMO, Instalação vídeo de Aida Castro e Maria Mire, para a exposição “onde nasce a liberdade” no Espaço MIRA, 2021.
  • VAGALUME, Instalação de Aida Castro e Maria Mire para Ágora-Bienal da Maia 2021.
  • Usar o ponto cego para fazer desaparecer o sol, Oficinas do Convento / BREVE MENTE: Galeria de Rua
  • Objecto Óptico I e II - Exposição colectiva "Is a Bone a Stone?". Lisboa: Museu Geológico Porto: Galeria do Sol
  • LANTERNAS - Projecções num espaço pré-museológico [CINEMAS 6]
  • I IDEIA DE CORRESPONDÊNCIA //// II UM PEQUENO INQUÉRITO //// III FOI DESTRUÍDA NUM INCÊNDIO //// IV NÃO TEMOS UM PRAZO. 4 frases e 4 vídeos depositados online para responder a Inquérito a 471 artistas, de Sara & André, uma edição da revista Contemporânea, 2020.
  • Exposição Dentro — Intervenção artística, de Daniel Moreira e Rita Castro Neves [Aida Castro & Maria Mire] — Lisboa: Museu Nacional de História Natural e Ciência da Universidade de Lisboa, 2019.
  • Embankment #9 / Ao Monte, Maus Hábitos,
  • Dead Link (video, HD, cor, s/som, loop), apresentado a convite de Nuno Ramalho no contexto de Playlist #44, 2020.
  • Ao Monte - Exposição final [apresentação do livro de artista "Embankment #9"] Maus Hábitos
  • 793 (sítio-mapa) | 3a Edição da TRAÇA - Mostra de Filmes de Arquivos Familiares [Programa de Inês Sapeta Dias] — Arquivo Municipal de Lisboa – Videoteca, 2020
  • "Viajantes Ópticos 2018-2023" in Guardar os Olhos no Bolso / Inland Journal: uma exposição e 35 edições. Curated by Eduardo Matos and André Cepeda. At Atelier-Museu Julio Pomar, Lisboa. 2023.
  • "Na Noite Desaparecida", Filme Colectivo, CINEMAS 1, i2ADS - FBAUP, Porto
  • "MEMÓRIA ELECTRÓNICA // ELECTRONIC MEMORY". Curated by João Fonte Santa. ZARATAN, Lisboa, 2022.
  • "Embankment #8", Curators' Lab: Documentação e Discurso, Guimarães 2012 - Capital Europeia da Cultura
  • "Embankment #6", Espaço Campanhã, Porto
  • "Embankment #5", ciclo de exposições “Para a Internidade...”, Instituto Franco-Português, Lisboa
  • "Embankment #4", Exposição Colectiva “Projecto Informal”, Sociedade Martins Sarmento, Guimarães
  • "Embankment #2 e #3", Monitor II, PêssegopráSemana, Porto
  • Sonoplastia para uma exposição, intervenção na exposição DENTRO de Rita Castro Neves e Daniel Moreira, na sala do laboratório de química analítica do Museu Nacional de História Natural e da Ciência, Lisboa, 2019.

Curatorial / Museum exhibition

  • 2010, ANTENA 4: Embankment #7, curated by Aida Castro, Jonathan Saldanha e Maria Mire. Programa de exposições itinerantes da Fundação de Serralves.". In ANTENA 4: Embankment #7.
  • 2006, Hostilidades Videográficas [Ciclo Destruição] Curadoria, em colaboração com Catarina Marto [mostra de trabalhos de vídeo, performance e instalação ]Lisboa: Espaço O Monte
  • 2001, Projecto ¿Pattern¿ ¿ Curadoria, em colaboração com Jonathan Saldanha e Lia Vaz Saleiro. Maus Hábitos

Other output

  • 2023, CLANDESTINA , Documentário / longa metragem / 83´ Produção: TERRATREME FILMES
  • 2020, PARTO SEM DOR , Documentário / curta metragem / 21’
  • 2020, Realização do ensaio visual para a performance “Superintensiva/Terra Batida”, de Marta Lança, Alkantara Festival / TEATRO SÃO LUIZ Lisboa
  • 2009, “Signos #1”. Identidades / Gesto - Cooperativa Cultural [DVD], Porto
  • 2006, Realização e imagem do projeto audiovisual para o espetáculo “BMX” de Bruno Alexandre, Escola Superior de Dança, Lisboa
  • 2006, Realização do videoclip do álbum “Most People Have Been Trained To Be Bored”, de Gustavo Costa, SOOPA, Porto
  • 2006, Imagem do documentário “Case Study #1 - atelier RE.AL”, de João Fiadeiro, RE.AL/ Ar.Co

Email


Política de Cookies
Este website utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação.
Aceitar
Lisboa 2020 Portugal 2020 Small Logo EU small Logo PRR republica 150x50 Logo UE Financed Provedor do Estudante Livro de reclamaões Elogios