Disciplina Seminário de Investigação em Museologia

  • Apresentação

    Apresentação

    Essa Unidade Curricular Seminário de Investigação em Museologia, integra se ao um conjunto das unidades curriculares basilares, do 2 ano do Curso de Doutoramento em SocioMuseologia, que correspondem a conhecimentos especializados cobrindo, no seu conjunto, as principais áreas do saber consideradas fundamentais para a construção do perfil pretendido ao nível do doutoramento. Com carga horaria de 15 horas de contacto.

  • Conteúdos Programáticos

    Conteúdos Programáticos

    Tratando-se de um momento de apresentação e partilha do estado da arte da investigação realizada para a elaboração da tese, o conteúdo programático desta unidade curricular está dependente de cada percurso de investigação dos estudantes. Neste sentido, a escolha dos conteúdos e das matérias a apresentar é efetuada com o orientador escolhido que preparará o(s) seu(s) orientando(s) para a tarefa de demonstração de resultados.

  • Objetivos

    Objetivos

    Permitir aos estudantes um momento de reflexão e partilha da investigação desenvolvida, através de uma apresentação sistematizada do estado da arte da tese. Estabelece-se como objetivo mais abrangente o encontro e partilha de opiniões e reflexões sobre as disciplinas.

  • Metodologias de ensino e avaliação

    Metodologias de ensino e avaliação

    Orientação tutorial da investigação a desenvolver através do acompanhamento efetivo e ativo na preparação científica, na concretização do projeto de investigação e na elaboração da tese. A avaliação do seminário é efetuada pelo corpo docente e pelos orientadores, em reunião específica, onde se discutem as prestações dos estudantes bem como o estágio de desenvolvimento das teses e o seu grau de cumprimento relativamente ao programa definido inicialmente. Cada estudante deve entregar um artigo científico, seguindo as normas internacionais, passível de ser publicado numa revista científica com revisão pelos pares, sobre a temática da sua investigação. Anualmente é efetuada uma visita de estudo nacional (quando a maioria dos alunos são internacionais) ou internacional (quando a maioria dos alunos são nacionais) permitindo o contacto com realidades e formas de Acão distintas, possibilitando novas perspetiva e partilha de conhecimentos com realidades distintas.

  • Bibliografia principal

    Bibliografia principal

    • Delicado, A., Cortez, A., Vala, F., Gago, M. do M., & Casaleiro, P. (2009). Comunicar ciência numa exposição: Uma avalização exploratória de A evolução de Darwin através de PMM. Actas do I Seminário de Investigação em Museologia dos Países de Língua Portuguesa e Espanhola , 2 , 8,18.
    • Ibram, & OEI. (2016). Pontos de Memória: Metodologia e Práticas em Museologia Social . Brasília: P h a b r i c a . O b t i d o d e http://www.museus.gov.br/wp-content/uploads/2016/07/Pontos-de-Memoria-ebook-Portugues.pdf
    • Kuhn, T. (2009). A estrutura das revoluções científicas . Lisboa: Guerra e Paz.
    • Moutinho, M. (2010). Evolving Definition of Sociomuseology: Proposal for reflection. Cadernos de Sociomuseologia , (38), 39,44.
    • Querol, L. S. (2015). O projeto SoMus e os novos modelos de gestão participativa dos museus locais na Europa. Anais do 2° Seminário Brasileiro de Museologia , 3 , 53,79.
INSCRIÇÃO AVULSO
Política de Cookies
Este website utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação.
Aceitar
Lisboa 2020 Portugal 2020 Small Logo EU small Logo PRR Logo UE Financed Logo PT Provedor do Estudante Livro de reclamaões Elogios