filmeu

Disciplina Atelier de Sonoplastia para a Rádio

  • Apresentação

    Apresentação

    A rádio tem vindo a ganhar um maior protagonismo, como entretenimento, informação e divulgação científica. A passagem para a difusão através da Internet tem permitido a emergência de novas rádios por todo o mundo. Acredita-se que nos próximos anos, o número de rádios online seja muito superior ao que hoje existe em frequência modelada, daí a pertinência desta disciplina no curso de Ciências da Comunicação.

  • Conteúdos Programáticos

    Conteúdos Programáticos

    Mesa de mistura; processadores de efeitos; gravador portátil; colunas e amplificação. Utilização e aplicação em projectos radiofónicos.
    Microfones segundo a direccionalidade e a fonte de alimentação: dinâmicos e condensadores; omnidireccionais; cardióides e super cardióides.
    Edição destrutiva e edição não-destrutiva.
    Equalização: equalizadores gráficos e paramétricos.
    Dinâmica: compreensão; gate e expanders.
    Efeitos: delay; reverb; chorus; flanger; phaser.
    Estrutura e funcionamento de uma estação de rádio.
    Noção de sonoplastia radiofónica: conceitos e práticas.
    A identidade sonora das rádios em Portugal
    A música e as emoções.
    O humor em rádio.
    Os Jingles de Rádio: Indicativos, Promoções, Política, Desporto, Cultura, Medley e outros.
    Montagem e mistura de programas de autor: realização de um programa

  • Objetivos

    Objetivos

    Ser capaz de integrar o trabalho de edição de som no contexto da produção radiofónica.

  • Metodologias de ensino e avaliação

    Metodologias de ensino e avaliação

    Aulas teóricas e aulas práticas
    Realização de um programa de autor; uma Promoção; um Indicativo e um Medley.
    A metodologia de avaliação destas unidades curriculares marcadas pelo maior contacto entre o
    docente e o aluno está enquadrada pelo Regulamento ou na Lei Geral, deverá obedecer a dois
    princípios:
    assiduidade igual ou superior a 75% das aulas leccionadas e a realização de trabalhos ao longo
    do semestre. Obtida a presença no exame de frequência, a nota final será a média da soma dos
    trabalhos realizados e com classificação com a nota do exame de frequência.

  • Bibliografia principal

    Bibliografia principal

    ROADS, Curtis (1996), The Computer Music Tutorial, Massachussets, MIT Press.
    NISBETT, A. (1995), The Sound Studio, London, Focal Press.
    RUMSEY, F. (1991), Digital Audio Operations, Oxford, Focal Press.
    RUMSEY, F. (1996), The Audio Worstation Handbook, Oxford, Focal Press.
    ZAZA, T. (1991), Audio Design. Englewood Cliffs, Prentice Hall.

     

  • Horário de Atendimento

    Horário de Atendimento

    Nome do docente  

    Horário de atendimento

    Sala

     

     

     

     

     

     

     

     

     

INSCRIÇÃO AVULSO
Lisboa 2020 Portugal 2020 Small Logo EU small Logo PRR republica 150x50 Logo UE Financed Provedor do Estudante Livro de reclamaões Elogios