filmeu

Disciplina Desenho de Produtos Turísticos com Base na Comunidade

  • Apresentação

    Apresentação

    Quer saber como o turismo de base comunitária leva em conta a sustentabilidade ambiental, social e cultural? Como é administrado e de propriedade da comunidade, para a comunidade, com o objetivo de permitir que os visitantes aumentem sua conscientização e aprendam sobre a comunidade e os modos de vida locais? Então o Turismo de Base Comunitária é o curso opcional que você procura!

    Com a demanda emergente por novos produtos turísticos, as experiências de turismo baseadas na comunidade aumentaram em popularidade. Atualmente, a sustentabilidade – ambiental, social e econômica – é cada vez mais reconhecida como referência para todos os negócios de turismo, de todos os portes, em todos os destinos e em todos os setores da indústria.

  • Conteúdos Programáticos

    Conteúdos Programáticos

    1.Os significados e os princípios do turismo comunitário
    1.1Conceitos-chave do turístico comunitário
    1.2Turismo de massas VS turismo comunitário
    2.Requisitos para a implementação de processos de desenvolvimento turístico de base comunitária
    2.1Avaliação do potencial da comunidade
    2.2Avaliação do potencial do produto
    3.A participação comunitária no desenvolvimento turístico de um destino
    3.1O estabelecimento de parcerias
    3.2Coaching de lideranças e de empreendedorismo inovador ao nível da comunidade
    4.Planeamento e organização administrativa de base comunitária
    4.1O processo de planeamento turístico comunitário participativo
    4.2Estrutura e atribuições das organizações de gestão de destinos de base comunitária
    4.3Medidas de controlo de impactos culturais e físico-espaciais
    5.Design de experiências de turismo comunitário
    5.1Os recursos endógenos como protagonistas da experiência turística
    5.2Técnicas de integração das comunidades de acolhimento como elemento central das ativid. turísticas

  • Objetivos

    Objetivos

    Compreender os antecedentes teóricos históricos e socioeconómicos do turismo comunitário.
    Avaliar os níveis de coesão VS fragmentação entre os stakeholders internos de um destino turístico e o seu grau de preparação para o desenvolvimento turístico comunitário.
    Obter noções práticas relativas aos requisitos essenciais à implementação de processos de turismo comunitário sustentáveis.
    Aprender a desenvolver estratégias que fomentem a participação comunitária no processo de desenvolvimento turístico.
    Entender a organização administrativa e as etapas do planeamento de destinos turísticos de base comunitária.
    Obter conhecimentos práticos no âmbito do design de experiências turísticas com base nas comunidades de acolhimento.

  • Metodologias de ensino e avaliação

    Metodologias de ensino e avaliação

    Durante o decorrer das aulas, os alunos terão a possibilidade de contactar com o mundo real, através do contacto com os especialistas que desempenham funções em empresas do Turismo e da Hotelaria, quer internacionais quer nacionais, por forma a serem desenvolvidas capacidades criativas e a capacidade de resolver problemas progressivamente mais complexos. Deste modo, serão realizados vários seminários temáticos e visitas de estudo.

    Será também aplicada a metodologia da Sala de Aula Invertida através de trabalhos em grupo para resolver problemas, estudos de casos e aprendizagem entre pares.

  • Bibliografia principal

    Bibliografia principal

    Dangi, T. B., & Jamal, T. (2016). An integrated approach to “sustainable community-based tourism”. Sustainability, 8(5), 475.
    Lee, T. H., & Jan, F. H. (2019). Can community-based tourism contribute to sustainable development? Evidence from residents’ perceptions of the sustainability. Tourism Management, 70, 368-380.
    Mayaka, M., Croy, W. G., & Cox, J. W. (2018). Participation as motif in community-based tourism: a practice perspective. Journal of Sustainable Tourism, 26(3), 416-432.
    Ohe, Y. (2019). Community-based Rural Tourism and Entrepreneurship: A Microeconomic Approach. Springer Nature.
    Ruiz-Ballesteros, E., & Cáceres-Feria, R. (2016). Community-building and amenity migration in community-based tourism development. An approach from southwest Spain. Tourism Management, 54, 513-523.

INSCRIÇÃO AVULSO
Política de Cookies
Este website utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação.
Aceitar
Lisboa 2020 Portugal 2020 Small Logo EU small Logo PRR republica 150x50 Logo UE Financed Provedor do Estudante Livro de reclamaões Elogios