filmeu

Disciplina Organizações e Psicologia no Contexto Internacional

  • Apresentação

    Apresentação

    Os desafios atuais colocados às organizações pela globalização, troca de informação, internacionalização das organizações e livre circulação de trabalhadores no espaço europeu podem, por um lado, abrir vantagens competitivas para as empresas e profissionais, mas traduzem-se, por outro, em dificuldades associadas ao confronto entre diferentes padrões culturais e ao desenraizamento dos trabalhadores da sua própria cultura. Assim, a diversidade cultural presente nas organizações e entre organizações poderá ser uma mais-valia, mas apenas se for bem gerida.

  • Conteúdos Programáticos

    Conteúdos Programáticos

    1. Sociedade e globalização.

     

    • Conceito de globalização
    • Migração e processo de aculturação
    • Comunicação intercultural

    2. Fundamentos da relação entre organizações e cultura

    • Cultura e organização: culturas nacionais e organizacionais
    • Valores culturais e modelos de dimensões culturais
    • Dimensões culturais e implicações no contexto de trabalho

    3. O psicólogo no contexto internacional

    • Medidas globais e individuais sobre diferenças culturais
    • Training cultural
    • Valores culturais e processos de liderança
    • Outros impactos dos aspectos culturais: equipas de trabalho, questões de género, valores e ética
  • Objetivos

    Objetivos

    Esta UC tem o objectivo de capacitar os alunos a aplicar a psicologia do trabalho aos contextos internacionais e multiculturais.


    No final, os estudantes deverão ser capazes de:

    • Introduzir e enquadrar a problemática da sociedade globalizada (O1);
    • Descrever o que é cultura e como esta influencia as relações entre pessoas em contexto organizacional (O2);
    • Descrever os principais processos de transição cultural (O3);
    • Explicar a aplicação da psicologia nos diversos campos das relações internacionais (O4);
    • Aplicar os conhecimentos na análise dos problemas psicológicos dos atores das relações internacionais, em diversos contextos organizacionais (O5); 
    • Sugerir formas de intervenção na gestão da diversidade cultural dentro das organizações e na integração de expatriados (O6).
  • Metodologias de ensino e avaliação

    Metodologias de ensino e avaliação

    A UC adopta uma metodologia assente na exposição de conteúdos teóricos e na análise de textos teóricos ou empíricos, complementada ainda pela análise de casos.

  • Bibliografia principal

    Bibliografia principal

    • Berry, J. W., Poortinga, Y. H., Brengelmaus, S. M., Athanasios (2011). Cross-cultural psychology: Research and applications . Thousand Oaks CA: Sage Publications.
    • Finuras, P. (2011). Gestão intercultural: Pessoas e carreiras na era da globalização. Lisboa: Edições Sílabo.
    • Friedman, G. ( 2012). A próxima década. Onde temos estado e para onde nos dirigimos. Lisboa: D. Quixote.
    • Hofstede, G.J., Pedersen, P.B., Hofstede, G. (2002). Exploring culture. Yarmouth, ME: Intercultrual Press.
    • Silverthorne, C. (2005). Organizational psychology in cross-cultural perspective . New York: New York University Press.
INSCRIÇÃO AVULSO
Lisboa 2020 Portugal 2020 Small financiado eu 2024 prr 2024 republica portuguesa 2024 Logo UE Financed Provedor do Estudante Livro de reclamaões Elogios