filmeu

Disciplina Fisiologia e Traumatologia Desportivas Aplicadas ao Futebol

  • Apresentação

    Apresentação

    Esta UC do 2º ciclo em Treino Desportivo em Futebol, área científica das Ciências do Desporto, tem como objetivo a aquisição de conhecimentos e competências atualizadas, referentes às principais questões da Fisiologia e Traumatologia aplicadas ao Treino do Futebol. Pretende-se que os estudantes conheçam as alterações fisiológicas, funcionais e orgânicas decorrentes da prática dos diversos tipos de treino, e as principais características traumatológicas típicas da modalidade. A aquisição destes conhecimentos - fundamentados na mais recente evidência científica - é determinante para o desempenho competente da prescrição e orientação do treino, da concepção dos programas de treino para a melhoria da performance física e fisiológica, e para a prevenção primária e/ou secundária de patologia inerentes à prática. 

  • Conteúdos Programáticos

    Conteúdos Programáticos

    1. Princípios Fundamentais da Fisiologia Desportiva aplicada ao futebol.

    2. Adaptações Fisiológicas Agudas e Crónicas à Prática do Futebol nos Sistemas: Musculosquelético; Cardiorrespiratório e Imunológico.

    3. Mecanismos Fisiológicos da Fadiga e da Adaptação Sistémica e Local à Prática do Futebol.

    4. Meios e Métodos na Prevenção de Lesões no Futebol.

    5. Principais Conceitos da Traumatologia no Futebol.

    6. Meios e Métodos de Reabilitação e Retorno à Prática.

  • Objetivos

    Objetivos

    Os objetivos de aprendizagem (OA) são:

    1- Compreender os mecanismos fisiológicos fundamentais que modelam as adaptações agudas e crónicas às exigências do futebol.

    2- Compreender o impacto que o treino exerce na aptidão física, nas capacidades condicionais, e na saúde do futebolista.

    3- Compreender e distinguir os diferentes componentes das exigências físicas do futebol e a forma como estes influenciam o fenómeno da adaptação.

    4- Compreender os princípios gerais de fadiga e de prevenção de lesões, no futebol, identificando os níveis de intervenção, e aplicando os principais protocolos de prevenção.

    5- Definir o conceito de lesão no futebol.

    6- Identificar e descrever as principais causas associadas aos macro e microtraumatismos inerentes à prática do futebol.

    7- Descrever as causas, os sintomas e as estruturas anatómicas mais afetadas pelas lesões de sobrecarga e caracterizar fatores de risco associados.

    8- Descrever os cuidados pós-lesão e identificar os princípios gerais de intervenção.

  • Bibliografia principal

    Bibliografia principal

    • Gregson, W., & Littlewood, M. (2018). Science in Soccer: Translating Theory into Practice. Bloomsbury Publishing.

    • Musahl, V., Karlsson, J., Krutsch, W., Mandelbaum, B. R., Espregueira-Mendes, J., & d'Hooghe, P. (Eds.). (2018). Return to Play in Football: An Evidence-based Approach. Springer.

    • Meyer, T., Faude, O., & aus der Fu¿nten, K. (2015). Sports Medicine for Football: Insight from Professional Football for All Levels of Play. Meyer & Meyer Verlag

INSCRIÇÃO AVULSO
Lisboa 2020 Portugal 2020 Small Logo EU small Logo PRR republica 150x50 Logo UE Financed Provedor do Estudante Livro de reclamaões Elogios