filmeu

Disciplina Game Design Experimental

  • Apresentação

    Apresentação

    Esta UC debruça-se sobre as narrativas interativas como técnicas avançadas para a criação de jogos, incluindo técnicas emergentes e procedimentais. Cruzar narrativa e jogos abre uma gama de possibilidades expressivas e experimentais que é altamente relevante para o tipo de projeto que o ciclo de estudos pretende para os seus mestrandos. Ao contrário do que pode ser a impressão de muitos consumidores de jogos, a narrativa em jogos não exige necessariamente grandes meios de produção. Ao desmistificar a narrativa em jogos e ilustrar a sua flexibilidade, ajuda-se os mestrandos conseguir grande riqueza expressiva de menos produção, permitindo experimentação. Trabalhar estas questões no primeiro semestre do segundo ano completa o quadro de abordagens ao Game Design exploradas no ciclo de estudos e que os mestrandos podem usar na sua tese ou projeto final.

  • Conteúdos Programáticos

    Conteúdos Programáticos

    Ponto 1, Guionismo Básico

    • Introdução à Unidade Curricular;
    • Narrativas versus Enredos;
    • História Satisfatória.
    •  

    Ponto 2, Técnicas para Narrativa Interativa

    • O Paradoxo Narrativo-interativo;
    • Narrativas de Autor e Narrativas Emergentes;
    • Técnicas Convencionais para Narrativa Interativa;
    • Técnicas Não-convencionais para Narrativa Interativa.

     

    Ponto 3, Narrativas Interativas Digitais

    • Aplicação Prática do Esquema em Árvore em Motores Narrativas;
    • Trabalhar com Elementos Emergentes.
  • Objetivos

    Objetivos

    Os estudantes que terminem com sucesso esta Unidade Curricular adquirirão capacidades de conceber e trabalhar jogos com forte vertente narrativa:

    • reconhecer o valor e risco em investir na narrativa num projeto de criação de jogo;
    • pensar as narrativas interativas como um espectro analógico entre o autorial e o emergente;
    • perceber o balanço de elementos expressivos e as exigências de diferentes abordagens no espectro autorial-emergente;
    • reconhecer as qualidades essenciais de um enredo de ficção satisfatório, e saber garantir essas qualidades em diferentes abordagens no espectro autorial-emergente;
    • adquirir noções elementares da orçamentação e especificação da vertente narrativa do jogo, incluindo como dosear o peso da narrativa na experiência de jogo.
  • Metodologias de ensino e avaliação

    Metodologias de ensino e avaliação

    A Unidade Curricular está fortemente orientada à aprendizagem experimental e baseada em projeto. Salienta-se especialmente o papel dos docentes como 'produtores' dos processos criativos dos alunos, acompanhando esses processos, oferecendo opções e alternativas, encorajando a definição de uma visão de projeto concreta através de iteração, a criatividade por experimentação e planeamento, e solicitando entregas intermédias (milestones -- a compilar como parte da entrega final do projeto de semestre).

  • Bibliografia principal

    Bibliografia principal

    • ADAMS, E. W. (2005). Interactive Narratives Revisited. In Lecture at Games Developers Conference. Disponível em http://www. designersnotebook. com/Lectures/Interactive_Narratives_Revisit/interactive_narratives_revisit. htm.
    • ADAMS, E. W. (2013). Resolutions to some problems in interactive storytelling. Tese de Doutoramento. Teeside University, Middlesborough,Reino Unido.
    • ANTHROPY, A., CLARK, N. (2014). A Game Design Vocabulary. Addison-Wesley Professional.
    • LAUREL, B. (2014). Computers as Theatre. Addison-Wesley.
    • MURRAY, J.H. (2011), Hamlet in the Holodeck: The Future of Narrative in Cyberspace. Cambridge, Mass.: MIT Press.

     

INSCRIÇÃO AVULSO
Política de Cookies
Este website utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação.
Aceitar
Lisboa 2020 Portugal 2020 Small Logo EU small Logo PRR republica 150x50 Logo UE Financed Provedor do Estudante Livro de reclamaões Elogios