Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Turismo português: os desafios do futuro

O turismo está a crescer em Portugal, mas ainda há muito a fazer, afirma Ana Mendes Godinho.

No primeiro trimestre do ano, o turismo nacional cresceu 6,4% na taxa de hóspedes e 9,3% na taxa de dormidas. Apesar dos bons resultados, a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, salienta que ainda há desafios a serem vencidos. Um deles é a persistência das assimetrias regionais nos resultados, a sazonalidade acentuada e as taxas de permanência baixas.


Investir em eventos de magnitude internacional é uma estratégia inteligente para combater com eficácia estes aspetos menos positivos. Para Ana Mendes Godinho, encontros desse tipo atraem turistas que gastam acima da média e que apesar de se deslocarem a um evento específico, acabam por ir conhecer outras zonas do território nacional.

Como exemplo, a secretária de Estado do Turismo dá o caso do Rock in Rio. Neste festival, que decorre na capital, "40% dos turistas vieram a Portugal pela primeira vez e 50% deles visitaram outras regiões", explicou. Ana Mendes Godinho esteve na Lusófona a 3 de junho a convite do Departamento de Turismo da universidade e do Instituto Superior de Novas Profissões.


Novas medidas avançam

Outra das questões aprofundadas foi a sazonalidade na região do litoral. No Algarve, em concreto, há uma grande movimentação e fluxo de pessoas que alavanca o mercado na época alta, mas no inverno o mesmo não acontece impedindo que haja empregos durante períodos sustentáveis ao longo do ano.

Em entrevista ao Notícias Lusófona, Ana Mendes Godinho revelou que já há medidas a serem executadas pela secretaria de Estado do Turismo para estabilizar esses picos de procura. "Lançámos um novo fundo de captação de rotas aéreas", exemplifica.


O novo fundo tem como objetivo garantir a segurança aérea nas rotas para o Algarve nos períodos de época baixa. Foca-se nos turistas oriundos de França, uma opção que tem por base os dados revelados pelo barómetro Les Entreprises du Voyage/Atout: as reservas de viagens para Portugal por parte dos turistas franceses registou um crescimento de 42% só no mês de abril.

A secretária de Estado referiu ainda a importância da participação dos jovens no futuro do turismo do país. "Precisamos das inovações que quem sonha traz, são elas que transformam o destino", conclui.

Jessi Martins
Notícias Lusófona