Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Licenciatura em Economia

Escola de Ciências Económicas e das Organizações

Apresentação do Curso

O plano de estudos do curso de Licenciatura em Economia da Universidade Lusófona é composto por 180 ECTS sendo 164 ECTS obrigatórios e 16 ETCS optativos. As componentes de formação de base incluídas no curso são economia, gestão, contabilidade, direito e métodos quantitativos e proporcionam ao diplomado os conhecimentos técnicos e científicos necessários para a continuação dos seus estudos, através da frequência de um curso de Mestrado. As disciplinas optativas poderão ser escolhidas de entre um vasto leque de disciplinas oferecidas nos diferentes cursos de 1º ciclo do DEG.
A licenciatura em Economia oferece, para além do horário diurno, o horário pós laboral para quem já se encontra no mercado de trabalho e deseja prosseguir os seus estudos.
Esta licenciatura encontra-se acreditada pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES) pelo tempo máximo (6 anos).

Razões para frequentar este curso

  • Competências transversais - A licenciatura em Economia, para além da formação académica, aposta no desenvolvimento integral do aluno, como pessoa e cidadão, nomeadamente na área do Inglês, da informática, da responsabilidade social e formação pessoal e profissional.
  • Corpo docente - corpo docente afeto à licenciatura é composto por jovens doutores que estão na vanguarda do conhecimento, por doutorados com experiência e produção científica na área da Economia e especialistas de topo proveniente do mercado de trabalho e que reforçam a componente prática.
  • Estrutura do curso de banda larga - Temos um plano curricular abrangente possibilitando aos alunos adquirirem não só uma formação sólida em economia como também conhecimentos relevantes nas áreas da Gestão e da Contabilidade.
  • Investigação - As unidades curriculares que compõe a licenciatura estão orientadas para envolver os alunos na investigação científica nomeadamente através da elaboração de trabalhos intermédios e finais de curso.
  • Curso de Futuro - O número de licenciados em Economia no nosso país não suficiente face às necessidades de profissionais nesta área, ou seja, a taxa de empregabilidade é elevada.
  • Reconhecimento das entidades avaliadoras - A Licenciatura em Economia está acreditada pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior, tendo sido enfatizada a exigência e pertinência do plano de estudos colocando-o ao nível das melhores escolas de Economia do país.

Despacho do curso

Despacho n.º 22143/2008 de 26 de agosto, alterado pelo Despacho nº 8038/2017 de 14 de setembro

Estado de acreditação pela A3ES

Acreditado

Data da publicação

28/05/2012

Deliberação da A3ES

Grau ou Diploma conferido | Duração | ECTS

Licenciado |6 Semestres |180 ECTS

Direção do Curso

Professora Doutora Ana Brasão Amador

Sub-direção de Curso

Professor Doutor Luis Jorge da Costa

Secretariado

Adelaide Pereira e Cidalina Soares

Condições de Ingresso

Podem candidatar-se a este ciclo de estudos os que apresentem candidatura através do concurso institucional de acesso e tenham aprovação à seguinte prova de ingresso:

16 Matemática

Os candidatos podem ainda ingressar através dos regimes de mudança de par instituição/curso ou através de um Concurso Especial, de acordo com as normas legais em vigor (titulares de curso superior, titulares de Curso de Especialização Tecnológica, titulares de Curso Técnico Superior Profissional ou Maiores de 23 anos).
Podem ainda ingressar os candidatos que reúnam as condições previstas no Estatuto do Estudante Internacional.

Requisitos de Graduação

Ter concluído um total de 180 ECTS

Objetivos

O curso de licenciatura em Economia da Universidade Lusófona ministra aos alunos conhecimentos e capacidade de compreensão na sua área de formação, capacitando-os quer para desenvolverem trabalho profissional competente, quer para transitarem com sucesso para os 2º e 3º ciclos.
Os objetivos são:
- autonomia na aquisição de conhecimentos e competências;
- capacidade de análise crítica fundamentada;
- autonomia de pensamento alicerçada em elementos científica, ética e socialmente fundados;
- recolha, seleção, interpretação e utilização de informação;
- capacidade para formular e resolver problemas de maneira técnica e cientificamente estruturada;
- capacidade para apresentar e comunicar informações, ideias, problemas e soluções aos públicos a que se dirigem, tanto no plano da oralidade, como da escrita e do uso dos equipamentos tecnológicos.
Estes objetivos gerais contribuem para o cumprimento do objetivo específico de formação de profissionais aptos a atuarem nos diferentes domínios aplicados das ciências económicas.

Destinatários

- Titulares de um curso de ensino secundário (12º ano) ou de habilitação legalmente equivalente e respectiva prova de acesso
- Candidatos aprovados nas provas para Maiores de 23 anos.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

As competências a desenvolver ao longo da licenciatura em Economia da Universidade Lusófona são:
- autonomia na aquisição de conhecimentos e de competências;
- capacidade de análise crítica fundamentada;
- autonomia de pensamento alicerçada em elementos científica, ética e socialmente fundados;
- recolha, seleção, interpretação e utilização de informação;
- capacidade para formular e resolver problemas de maneira técnica e cientificamente estruturada;
- capacidade para apresentar e comunicar informações, ideias, problemas e soluções aos públicos a que se dirigem tanto no plano da oralidade, como da escrita e do uso dos equipamentos tecnológicos de ponta, e sempre de forma calibrada tendo em conta a diversidade de formação e de interesses dos públicos a quem se dirigem;
- permanente curiosidade intelectual que os leve a pensar a formação, não como um processo que se esgota com a simples aquisição de um grau académico mas, que se prolonga no tempo, fruto dos processos dinâmicos e concorrenciais que sujeitam e definem as sociedades modernas.
Para que estes objetivos sejam alcançados, dispomos de um corpo docente muito qualificado, de uma metodologia de ensino que acenta numa parceria de trabalho e de empenhamento entre alunos e professores aos quais cabe um papel de interação competitiva na aquisição de conhecimentos e de competências.
A análise e discussão de «case studies» é frequente e o recurso ao software especializado de topo é uma constante.
Ao longo dos 3 anos de licenciatura os alunos são chamados a demonstrar as competências adquiridas, quer por meio de trabalhos de investigação que, devem elaborar nas diversas disciplinas, quer pela participação em debates, quer no âmbito da disciplina, quer no âmbito da Faculdade.

Equipamentos e Instalações

A Instituição dispõe de múltiplos espaços adequados ao ensino e formação e particularmente aos cursos que ministra quer ao nível da formação teórica, bem como ao nível de formação prática e laboratorial.
O curso de economia dispõe de salas adequadas, nomeadamente de salas de informática necessárias à leccionação de determinadas unidades curriculares mais instrumentais, bem como do software licenciado necessário.
Adicionalmente a instituição dispõe de Rede WiFi gratuita (eduroam) cobrindo todas as suas instalações; Datacenters com servidores físicos e virtuais, com ambientes de exploração em vários sistemas operativos; Laboratório com servidores, switches, routers, cablagem estruturada, componentes integrados (Raspberry Pi, Parallella, Jetson), bastidores e ferramentas diversas;
Hardware complementar de apoio, tal como, projetores multimédia, quadros interativos, meios computacionais, portais académicos e de conteúdos.

Estudos Futuros

O grau de Licenciado em Economia permite a candidatura a estudos pós-graduados, de entre os quais ao mestrado em Contabilidade e Fiscalidade ou ao mestrado em Economia, ambos lecionados na Universidade Lusófona.

Saídas Profissionais

Economistas,
Gestores de Empresas,
Técnicos oficiais de contas, etc, em empresas privadas e em empresas e serviços do Estado.

Investigação

O Centro de Investigação de Economia e das Organizações (CEO), unidade de investigação integrada no Departamento de Economia e Gestão da U.L.H.T.. Este Centro de investigação, pretende promover o desenvolvimento científico com particular incidência nos países de língua oficial portuguesa.
A Revista R-LEGO (Revista Lusófona de Economia e Gestão das Organizações ¿ ISSN 2183-5845), ligada ao CEO, tem a finalidade de:
* Incentivar e envolver cada vez mais os docentes em atividades científicas;
* Supervisionar as dissertações dos alunos do segundo ciclo, cuja pesquisa deve estar enquadrada nas suas linhas de investigação;
* Promover e dinamizar a produção de conhecimento científico no quadro das linhas e grupos de investigação já existentes e/ou a criar, através da promoção e implementação de projetos de investigação específicos.

Observações

Os períodos e oportunidades de estágio existentes são complementados com a oportunidade de os alunos assistirem a conferências sobre temas económicos atuais, bem como a seminários científicos organizados dentro do ciclo de estudos, tendo em vista complementar a sua formação.
O plano de estudos integra disciplinas de opção em ordem à diversificação das oportunidades de formação dos estudantes e ao alargamento das suas bases de competências. Igualmente, são oferecidas unidades extra-curriculares de base, desenhadas para suprir lacunas dos alunos em áreas de formação inicial (ex. Matemática) ou facilitar a aquisição de competências transversais (ex. Inglês).
O desenvolvimento de uma política ativa de integração profissional dos seus alunos, constitui um dos objetivos do presente ciclo de estudos. Assim, para além dos diferentes protocolos de colaboração tendentes à integração dos nossos alunos em períodos de estágio e formação em serviço, em diferentes entidades públicas e privadas que atuam no setor em Portugal. O presente ciclo de estudos desenvolve acordos pontuais com outras instituições por forma a assegurar a efetiva integração de todos os seus alunos ou diplomados.

Docentes Convidados

Não se aplica

Áreas Científicas

Economia | Matemática e estatística | Ciências empresariais

Plano de Estudos

Despacho n.º 22143/2008 de 26 de agosto, alterado pelo Despacho nº 8038/2017 de 14 de setembro
1.º Ano/ Tronco ComumSemestre ECTS
Contabilidade Financeira ISemestral5
Introdução à EmpresaSemestral4
Matemática ISemestral6
Matemática IISemestral6
Introdução à Economia1º Semestre5
Introdução ao Pensamento Económico1º Semestre4
Noções Fundamentais de Direito1º Semestre4
Cálculo Financeiro2º Semestre5
Contabilidade Financeira II2º Semestre5
Fiscalidade2º Semestre4
Macroeconomia I2º Semestre6
Microeconomia I2º Semestre6
2.º Ano/ Tronco ComumSemestre ECTS
Opção 1Semestral4
Opção 2Semestral4
Estatística I1º Semestre6
Finanças Empresariais1º Semestre5
Macroeconomia II1º Semestre6
Mercados e Investimentos Financeiros1º Semestre5
Microeconomia II1º Semestre6
Economia dos Recursos Humanos2º Semestre4
Economia Global I2º Semestre5
Economia Industrial2º Semestre5
Estatística II2º Semestre6
Marketing Operacional2º Semestre4
3.º Ano/ Tronco ComumSemestre ECTS
Opção 3Semestral4
Opção 4Semestral4
Econometria I1º Semestre5
Economia do Ambiente e dos Recursos Naturais1º Semestre5
Economia Pública1º Semestre5
Gestão de Operações e da Produção1º Semestre5
Modelos de Crescimento Económico1º Semestre5
Econometria II2º Semestre5
Economia Global II2º Semestre5
Economia Monetária2º Semestre4
Política Económica2º Semestre5
Seminário Sobre a Economia Portuguesa2º Semestre8

Corpo Docente

Lista de Professores do Curso, Habilitações e Regime de Tempo
DocenteHabilitações AcadémicasRegime
Adelino Dos Santos Canais RodriguesMestradoTempo Parcial
Alcino Miguel Saturnino Antunes Dos Remédios FurtadoMestradoTempo Parcial
Ana Cristina Freitas Brasão AmadorDoutoramentoTempo Integral
Ana Sofia Monteiro De Araújo SoaresMestradoTempo Integral
António Augusto Teixeira Da CostaDoutoramentoTempo Integral
António Henrique Gomes De AlmeidaMestradoTempo Parcial
Eduardo Manuel Machado De Moraes Sarmento FerreiraDoutoramentoTempo Integral
Felipa Cristina Henriques Rodrigues Lopes Dos ReisDoutoramentoTempo Integral
Luis Filipe Gomes Da CunhaLicenciaturaTempo Parcial
Luis Jorge Da CostaDoutoramentoTempo Integral
Manuel Francisco Magalhães CabugueiraDoutoramentoTempo Parcial
Mauricio Alberto Esteves GeraldesMestradoTempo Integral
Tiago Manuel Duarte Marques BarreiroDoutoramentoTempo Integral

Valores

Maiores de 23 180 €
Alunos externos 0 €
Mudança de curso 63 €
Acesso 180 €
Titulares de curso superior 180 €
Inscrição310 €
Matrícula217 €
Seguro Escolar40 €
Valor médio mensal para 30 ECTS para disciplinas semestrais 329,1 €
Valor por ECTS 10,97 €